Troca de tubulações deixará parte do Recife sem água durante três dias

O investimento inicial é de R$ 70 milhões, mas, ao todo, o aporte será de R$ 400 milhões, pois essa primeira parte é apenas um dos seis programas de setorização e substituição de tubulações antigas que serão executados

Troca de tubulações deixará parte do Recife sem água durante três dias
Troca de tubulações deixará parte do Recife sem água durante três dias (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 - A Compesa vai substituir 160 quilômetros de tubulações antigas em 16 localidades do Recife. O diretor metropolitano da empresa e o presidente, Roberto Tavares, respectivamente, já assinaram Ordem de Serviço e as obras deverão começar no mês de setembro, com um prazo de dois anos para a conclusão. O investimento é de R$ 70 milhões, mas, ao todo, o aporte será de R$ 400 milhões, pois essa primeira parte é apenas um dos seis programas de setorização e substituição de tubulações antigas que serão executados.

As obras fazem parte do projeto de setorização do abastecimento da Região Metropolitana do Recife (RMR). As primeiras substituições desse lote serão iniciadas pelos bairros da Imbiribeira (Sítio Novo) e Boa Viagem, no trecho entre Paulo Miranda e o Extra, na Avenida Domingos Ferreira. Nesses locais têm ocorrido constantes vazamentos e estouramentos desde a operação do Sistema Pirapama. O novo sistema recebeu um investimento de R$ 600 milhões, ampliando em cerca de 50% a produção de água para a RMR.

“Há mais de 50 anos não investíamos em troca de tubulações antigas, muitas delas seculares, que não estão suportando a pressão da água”, justificou Tavares. E com o racionamento que imperava na cidade por quase duas décadas, as tubulações foram se desgastando, contribuindo para o surgimento dos vazamentos.

A Compesa estima trocar nos próximos anos mais de 600 quilômetros de tubulações no Recife e na Região Metropolitana. Somente no bairro do Ibura, área de morro da Zona Sul da capital, cujas obras já estão em curso, serão trocados 100 quilômetros de rede.

“Praticamente vamos refazer toda a rede de distribuição do Ibura, onde existem muitas ligações irregulares que precisam ser regularizadas para receber água do Sistema Pirapama e, com isso, resolver o grave problema de abastecimento que existe neste bairro populoso”, avaliou Tavares.

Segundo o presidente, o Recife terá 49 distritos de distribuição de água totalmente setorizados. “A setorização consiste no isolamento de bairros por áreas, chamadas de distritos, com controle depressão e vazão para melhor distribuição da água produzida à população”, esclareceu Tavares. Ele afirmou que está sendo implantado na companhia um moderno sistema de gestão operacional com ênfase na engenharia de distribuição de água.

Para controlar toda essa água, a Compesa está investimento em ações de controle de perdas, que envolve a instalação de válvulas redutoras depressão, registros, hidrômetros, entre outros equipamentos.

“Com o distrito isolado, os técnicos irão acompanhar em tempo real toda a água que chega e que sai para a casa das pessoas”, adiantou. Esse acompanhamento é feito de forma online, cujas informações são encaminhadas para o Centro de Controle Operacional da companhia.

Localidades do Recife que terão tubulações substituídas

Imbiribeira

Boa Viagem

Brasília Teimosa

Ipsep

Afogados

Jiquiá

São José

Santo Antônio

Joana Bezerra

Cabanga

Coelhos

Ilha do Leite

Boa Vista

Paissandu

Soledade

Derby

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email