Tucano condenado em 11 anos; Lula, em dois

O caso do ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo, que poderá ser preso em breve, depois de terem sido recusados ontem seus embargos infringentes pela Justiça mineira no processo em que foi condenado a 20 anos de prisão revela que a Justiça brasileira às vezes tarda e às vezes acelera: seu processo levou 11 anos para chegar à condenação em segunda instância e o do tríplex do Lula, apenas dois

O caso do ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo, que poderá ser preso em breve, depois de terem sido recusados ontem seus embargos infringentes pela Justiça mineira no processo em que foi condenado a 20 anos de prisão revela que a Justiça brasileira às vezes tarda e às vezes acelera: seu processo levou 11 anos para chegar à condenação em segunda instância e o do tríplex do Lula, apenas dois
O caso do ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo, que poderá ser preso em breve, depois de terem sido recusados ontem seus embargos infringentes pela Justiça mineira no processo em que foi condenado a 20 anos de prisão revela que a Justiça brasileira às vezes tarda e às vezes acelera: seu processo levou 11 anos para chegar à condenação em segunda instância e o do tríplex do Lula, apenas dois (Foto: Aquiles Lins)

Minas 247 - O caso do ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo, que poderá ser preso em breve, depois de terem sido recusados ontem seus embargos infringentes pela Justiça mineira no processo em que foi condenado a 20 anos de prisão revela que a Justiça brasileira às vezes tarda e às vezes acelera: seu processo levou 11 anos para chegar à condenação em segunda instância e o do tríplex do Lula, apenas dois.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247