“Tuitaço” pela cassação de Demóstenes Torres

Senador Humberto Costa, relator do processo disciplinar contra o ex-democrata, “entrega” as páginas de todos os membros da Casa Alta no microblog, para que os internautas possam pressioná-los a comparecer à sessão na qual será votada a cassação de Torres; o julgamento do parlamentar ocorre na próxima quarta-feira (11)

“Tuitaço” pela cassação de Demóstenes Torres
“Tuitaço” pela cassação de Demóstenes Torres (Foto: Montagem PE247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – Apesar de concentrar suas forças nas eleições do Recife, o senador e prefeiturável Humberto Costa (PT) parece não ter se distanciado por completo do Congresso Nacional. Relator do processo disciplinar contra o senador Demóstenes Torres (sem partido – GO), o petista realiza “tuitaço” para convocar o máximo de colegas da Casa Alta para decidir o futuro do ex-democrata, acusado de quebra de decoro por envolvimento com o contraventor Carlinhos Cachoeira. A votação ocorrerá na próxima quarta-feira (11), no plenário do Senado.

Em sua página no microblog, o senador petista divulga os endereços da rede social de todos os membros do Senado. A ideia de Humberto é garantir que os internautas possam pressionar os seus representantes, não só a comparecer à sessão, como também votar pela cassação do mandato de Demóstenes.

Em seu relatório, Humberto Costa encontrou indício de quebra de decoro e solicitou aos colegas a cassação de mandato de Demóstenes. Por conta das eleições recifenses, o petista acabou deixando a CPI que investiga as relações de Carlinhos Cachoeiras com políticos e empresários.

A lista, elaborada pela Agência Senado, pode ser acessada pelo link: https://twitter.com/#!/Agencia_Senado/senadores/members

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247