Twitter recauchutado se aproxima do Facebook

Mudanas implementadas nesta semana tornam o TT mais "social"; microblog de ontem se consolida como plataforma comercial de hoje

Twitter recauchutado se aproxima do Facebook
Twitter recauchutado se aproxima do Facebook (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Lucas Reginato_247 - Os usuários logo perceberam as novidades do Twitter nesta quinta-feira. Uma nova aba aparece com o nome do perfil, substituindo o “Mentions”, que listava os tuítes em que o @nomedousuário era citado. Agora, além das menções, retuítes e novos contatos estão numa mesma página. Onde havia “Retweets” anteriormente, agora aparece a aba “Activity”, que lista as atividades dos contatos (quem os seguidores começaram a seguir, os tuítes que foram "favoritados" etc).

A novidade já estava sendo testada com um número pequeno de pessoas em agosto e foi expandida agora. Mais do que oferecer uma ferramenta mais prática, a mudança no Twitter evidencia um reposicionamento da empresa, que começou apenas como um microblog. Agora, a nova estrutura sublinha o aspecto cada vez mais social dessa mídia - que, no começo, não permitia nem mesmo a @menção a outros usuários.

Cinco anos atrás, o primeiro tuíte foi publicado por @jack, fundador do Twitter, para apenas sete seguidores. Era comum ver na timeline das pessoas informações sobre a vida dos amigos, onde eles estavam, o que estavam fazendo. O caráter das frases nos 140 caracteres era mais pessoal, bem característico de blog. Hoje em dia, são 100 milhões de perfis interagindo, compartilhando, votando e até mesmo participando de promoções, como a #precojusto247. Informações pessoais continuam, mas as relações comerciais têm proliferado.

A lógica do Twitter, portanto, está ficando cada vez mais parecida com a do Facebook, que nasceu em 2004 e tem hoje 800 milhões de usuários. Com as mudanças no TT implementadas para o público geral nesta quinta-feira, um modelo de negócio está em jogo, assegurando um fluxo mais dinâmico de informações e mais oportunidades de comunicação entre marcas e clientes. Sem dúvida, é uma forma que o Twitter encontrou para se fortalecer como plataforma comercial.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email