CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

UEG justifica anulação das provas de concursos

Instituição alega que houve uma "falha técnica" no embaralhamento das proposições relativas à resposta correta de cada questão, ocasionando uma sequência de letras que se repetiu até o final do gabarito; cancelamento do certame das polícias atinge 76 mil candidatos; a possível fraude no gabarito das provas começou a causar polêmica nas redes sociais depois que uma imagem foi postada no Facebook por uma concurseira; quadro mostra o suposto padrão nas respostas

UEG justifica anulação das provas de concursos
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

A Redação_ O Núcleo de Seleção da Universidade Estadual de Goiás (UEG) divulgou notas de esclarecimento na noite de segunda-feira (25) sobre a anulação das provas de concurso das polícias Civil e Militar de Goiás. As justificativas dizem que houve uma “falha técnica no embaralhamento das proposições relativas à resposta correta de cada questão, ocasionando uma sequência de letras que se repetiu até o final do gabarito”.

Assinadas pela professora Eliana Machado Pereira Nogueira, diretora do Núcleo de Seleção da universidade, as quatro notas se referem aos concursos para as vagas de: Delegado de Polícia Substituto da Polícia Civil do Estado de Goiás, cujas provas foram realizadas no dia 24/2; Escrivão de Polícia de 3ª Classe da Polícia Civil do Estado de Goiás, provas realizadas em 17/2; Polícia Militar do Estado de Goiás nos cargos de Oficiais da Saúde (2º Tenente QOSPM) e no cargo de Cadete, provas do dia 3/2 e Polícia Militar do Estado de Goiás no cargo de Praça (Soldado de 2ª classe) e no cargo de Soldado Músico (Soldado de 2ª classe), provas realizadas em 27/1.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A etapa das provas objetivas dos concursos foi cancelada na noite desta segunda porque, segundo a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), há indícios de irregularidades nos gabaritos das provas, elaboradas pelo Núcleo de Seleção da UEG. O cancelamento atinge nada menos do que 50 mil concurseiros, incluindo candidatos de outros estados.

A secretaria e a UEG informaram que novas datas para a realização das provas serão agendadas. Os candidatos devem aguardar novas orientações.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Polêmica
A possível fraude no gabarito das provas começou a causar polêmica nas redes sociais na segunda-feira depois que uma imagem foi postada no Facebook por uma concurseira. O quadro mostra um suposto padrão nas respostas.

O gabarito se refere às provas realizadas neste domingo (24/2), do concurso para Delegado da Polícia Civil, que supriria o déficit na corporação, principalmente no entorno do Distrito Federal. (Marina Morena)

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO