UFABC também terá curso sobre o golpe de 2016

Seguindo o exemplo de outras instituições públicas de ensino superior, a Universidade Federal do ABC (UFABC) também terá um curso sobre o golpe parlamentar que levou Michel Temer ao poder e suas consequências para o Brasil; A implantação do curso pela UFABC ganha peso político ainda maior, uma vez que o governo Temer não aceitou o resultado da eleição que elegeu Dácio Roberto Matheus para reitor da universidade

Seguindo o exemplo de outras instituições públicas de ensino superior, a Universidade Federal do ABC (UFABC) também terá um curso sobre o golpe parlamentar que levou Michel Temer ao poder e suas consequências para o Brasil; A implantação do curso pela UFABC ganha peso político ainda maior, uma vez que o governo Temer não aceitou o resultado da eleição que elegeu Dácio Roberto Matheus para reitor da universidade
Seguindo o exemplo de outras instituições públicas de ensino superior, a Universidade Federal do ABC (UFABC) também terá um curso sobre o golpe parlamentar que levou Michel Temer ao poder e suas consequências para o Brasil; A implantação do curso pela UFABC ganha peso político ainda maior, uma vez que o governo Temer não aceitou o resultado da eleição que elegeu Dácio Roberto Matheus para reitor da universidade (Foto: Paulo Emílio)

São Paulo 247 - Seguindo o exemplo de outras instituições públicas de ensino superior, a Universidade Federal do ABC (UFABC) também terá um curso sobre o golpe parlamentar que levou Michel Temer ao poder e suas consequências para o Brasil. A implantação do curso pela UFABC ganha peso político ainda maior, uma vez que o governo Temer não aceitou o resultado da eleição que elegeu Dácio Roberto Matheus para reitor da universidade.

"No entanto, no dia 8 de fevereiro, o ministro da Educação do governo golpista, Mendonça Filho (DEM), estendeu, sem prazo, o tempo de gestão do ex-reitor Klaus Capelle. O ministro alega falhas burocráticas no processo conduzido pela comunidade acadêmica para a eleição do novo reitor da UFABC. Entretanto, reportagem do jornal Diário do Grande ABC do último sábado (3) aponta que o que estaria por trás desse atraso na nomeação do novo reitor seria um suposto posicionamento de Matheus com ideias alinhadas ao PT", diz a coordenação do curso em nota.

Veja, abaixo, as universidades que terão aulas sobre o "Golpe de 2016":

UnB (Universidade de Brasília);

UFBA (Universidade Federal da Bahia);

UFAM (Universidade Federal do Amazonas);

Unicamp (Universidade Estadual de Campinas);

UEPB (Universidade Estadual da Paraíba);

UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul);

USP (Universidade de São Paulo);

UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul);

UFC (Universidade Federal do Ceará);

UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte);

UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina);

UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora);

UFSJ (Universidade Federal de São João del-Rei).

UFABC (Universidade Federal do ABC)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247