UFPE lança Revista de Cultura com o tema Dossiê sobre Drogas

O objetivo da iniciativa a promoo de um debate com vistas integrao da Comunidade Acadmica s polticas de sade, segurana e assistncia social com respaldo em estudos cientficos relativos ao consumo de drogas e seus efeitos

UFPE lança Revista de Cultura com o tema Dossiê sobre Drogas
UFPE lança Revista de Cultura com o tema Dossiê sobre Drogas (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

PE247 - Com o tema Dossiê sobre drogas, a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lança, nesta quarta-feira (2), a Revista de Cultura, da Editora Universitária (EdUFPE). O objetivo da iniciativa é a promoção de um debate com vistas à integração da Comunidade Acadêmica às políticas de saúde, segurança e assistência social, com respaldo em estudos científicos relacionados às drogas. O lançamento terá mesa-redonda e será no auditório da EdUFPE, às 14h.

A contribuição da religiosidade no tratamento da dependência química e o uso de crack por população feminina estão entre as discussões da mesa. Segundo a professora do Departamento de Serviço Social da UFPE, Roberta Uchoa, pelo menos seis grupos brasileiros acadêmicos que desenvolvem pesquisas básicas, como as de casos-controle e de aspectos antropológicos terão seus trabalhos publicados na revista.

De acordo com ela, que também é coordenadora do Grupo de Estudos sobre Álcool e Outras Drogas (Gead), o subsídio da Comunidade Científica visa ao auxílio ao gestor público como incentivo a criação de políticas eficazes rumo à prevenção e à atenção aos usuários de drogas, com a realização de tratamento químico. E, neste contexto, estão envolvidos aspectos como educação, saúde e segurança pública.

No tocante ao Gead, o projeto contou com a organização de profissionais das áreas de serviço social, medicina, biologia, antropologia e psicologia. Fazendo uma parceria com o Programa Mais Vida, de Redução de Danos da Secretaria de Saúde do Recife, todos esses profissionais realizaram pesquisas sobre o perfil dos usuários de drogas.

No Brasil, conforme Roberta, existem vários grupos produzindo conhecimento com apoio do CNPq, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), Secretaria Nacional da Política sobre Drogas e Ministério da Saúde, mas os resultados nem sempre chegam ao público geral nem a gestores de Estados e municípios.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247