Uip reivindica mais verba do SUS federal

Infectologista e secretário da Saúde de Geraldo Alckmin (PSDB) diz que, “levando-se em consideração que os hospitais de ensino do SUS paulista recebem pacientes dos quatro cantos do Brasil, sem nenhuma compensação financeira, o quadro se agrava ainda mais sob o ponto de vista das fontes de receita”

SÃO PAULO,SP,05.09.2013:ALCKMIN/POSSE SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e o médico infectologista David Uip, após sua posse como novo secretário de Estado da Saúde de São Paulo, em cerimônia realizada no Palácio do
SÃO PAULO,SP,05.09.2013:ALCKMIN/POSSE SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e o médico infectologista David Uip, após sua posse como novo secretário de Estado da Saúde de São Paulo, em cerimônia realizada no Palácio do (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O infectologista e secretário da Saúde de Geraldo Alckmin, médico David Uip, reivindica mais recursos federais a hospitais de ensino do SUS paulista.

Segundo ele, na contramão do financiamento, o número de procedimentos complexos nessas unidades vem aumentando. “Levando-se em consideração que os hospitais de ensino do SUS paulista recebem pacientes dos quatro cantos do Brasil em busca de tratamento altamente especializado, sem nenhuma compensação financeira, o quadro se agrava ainda mais sob o ponto de vista das fontes de receita”, afirma em artigo publicado na Folha de S. Paulo.

De acordo com Uip, a saúde do Brasil reivindica que a União destine ao SUS 10% da renda corrente bruta, o que representa R$ 136,2 bilhões para 2014 (até agora o governo liberou só R$ 90 bilhões).

Leia o artigo aqui.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247