Um de cada três paulistanos diz comer menos carne depois de operação da PF

Um pesquisa do Datafolha indica que quase um terço dos moradores de São Paulo afirmam estar comendo menos carne após a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em 17 de março; a redução foi maior entre os 93% que dizem estar informados sobre a operação

Carne, exportações, frigoríficos
Carne, exportações, frigoríficos (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Quase um terço dos moradores da cidade de São Paulo afirmam estar comendo menos carne após a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em 17 de março.

De acordo com pesquisa do Datafolha, 30% dos paulistanos que comem carne dizem ter reduzido o consumo, enquanto 68% afirmam não ter modificado sua alimentação em decorrência da operação.

As informações são de reportagem de Filipe Oliveira na Folha de S.Paulo.

"Foram entrevistadas 1.067 pessoas em São Paulo. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

No grupo, 31% dizem ter passado a consumir menos carne. Já entre os que afirmam não estar informados, o percentual que apontou redução é de 13%.

A maioria dos entrevistados (70%) considera que o modo como a operação foi conduzida pela Polícia Federal foi adequado."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247