CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Universidades baianas com má qualidade de ensino

Segundo levantamento feito pela Folha de São Paulo, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) alcançou o 12º lugar no ranking, já a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), as Universidade Estaduais de Feira de Santana (UEFS), do Sudoeste Baiano (UESB) e de Santa Cruz (UESC), zeraram o item da qualidade de ensino e ocuparam as posições 83º, 60º, 61º, 55° no ranking, respectivamente

Universidades baianas com má qualidade de ensino (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Bahia 247

As universidades baianas receberam notas baixas no critério de qualidade de ensino, conforme um levantamento do Jornal Folha de São Paulo, com dados de publicações acadêmicas. A Universidade Federal da Bahia (Ufba) alcançou o 12º lugar no ranking, com destaque para a nota da qualidade de pesquisa (47,99), mas apenas 2,78 para o medidor do ensino. Já no indicador da avaliação do mercado, a Ufba recebeu 17,66.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), as Universidade Estaduais de Feira de Santana (UEFS), do Sudoeste Baiano (UESB) e de Santa Cruz (UESC), zeraram o item da qualidade de ensino e ocuparam as posições 83º, 60º, 61º, 55° no ranking, respectivamente.

A UESC é a unidade baiana que recebeu a segunda melhor nota na avaliação da pesquisa, com 38,81. No mesmo item, a UESB foi avaliada com 38,7, a UEFS com 38,62 e a UFRB com 31,79. A estadual de Feira se destacou no aspecto do mercado, com 4,14, seguido pela instituição do sudoeste, que recebeu 2,52 e a federal do Recôncavo alcançou 0,96. Veja aqui o ranking completo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO