Valério promete entregar 20 nomes em delação

Na tentativa de fechar um acordo de delação premiada, o operador do 'mensalão' Marcos Valério prometeu, de acordo com seu advogado Jean Robert Kobayashi Júnior, entregar 20 nomes envolvidos no mensalão do PSDB e do PT; a delação atingiria diversos partidos, incluindo parlamentares com foro privilegiado e nomes já envolvidos na Operação Lava Jato

Na tentativa de fechar um acordo de delação premiada, o operador do 'mensalão' Marcos Valério prometeu, de acordo com seu advogado Jean Robert Kobayashi Júnior, entregar 20 nomes envolvidos no mensalão do PSDB e do PT; a delação atingiria diversos partidos, incluindo parlamentares com foro privilegiado e nomes já envolvidos na Operação Lava Jato
Na tentativa de fechar um acordo de delação premiada, o operador do 'mensalão' Marcos Valério prometeu, de acordo com seu advogado Jean Robert Kobayashi Júnior, entregar 20 nomes envolvidos no mensalão do PSDB e do PT; a delação atingiria diversos partidos, incluindo parlamentares com foro privilegiado e nomes já envolvidos na Operação Lava Jato (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247 – Na proposta que apresentou ao Ministério Público de Minas Gerais para um acordo de delação premiada, o operador do 'mensalão', Marcos Valério, prometeu entregar 20 pessoas envolvidas nos escândalos tanto do PSDB quanto do PT.

Segundo seu advogado responsável pela negociação da proposta, Jean Robert Kobayashi Júnior, na lista há parlamentares com foro privilegiado de diversos partidos e nomes já citados na Operação Lava Jato.

Preso na região metropolitana de Belo Horizonte cumprindo uma pena de 37 anos de prisão pelo Ação Penal 470 – a maior entre os condenados pelo Supremo Tribunal Federal -, ele tem dito que "cansou de apanhar" e "agora vai começar a bater".

Leia mais na reportagem publicada no blog de Fausto Macedo.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247