Valeu, Timão! Corinthians 2 X 1 Flamengo

Na noite da homenagem ao dolo Scrates, raa, superao e dois gols de Liedson levam Mosqueteiro a virar em cima do Urubu e confirmar liderana no Brasileiro com 43 pontos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Estado - Em noite de homenagem a Sócrates, o Corinthians, com gol aos 43 minutos do segundo tempo, obteve grande virada na noite desta quinta-feira e retomou a liderança isolada do Brasileirão. Jogando no Pacaembu, o time paulista derrotou por 2 a 1 o Flamengo, rival direto na briga pelo título com dois gols de Liedson.

A 13ª vitória no campeonato devolveu o Corinthians ao topo da tabela. O time, que perdera três dos últimos quatro jogos, chegou aos 43 pontos e desbancou o São Paulo, que havia assumido a liderança provisória na quarta. O rival soma os mesmos 41 pontos do Vasco, terceiro colocado. Já o Flamengo ocupa a quinta posição, com 36.

Em queda nas últimas rodadas do Brasileirão, o Flamengo contou com gol de Deivid. Mas o grande destaque da equipe foi o goleiro Felipe, que exibiu grandes defesas e impediu uma vitória mais tranquila do Corinthians. Com o revés, o time de Vanderlei Luxemburgo chegou à marca de sete jogos sem vitória.

Corinthians e Flamengo voltarão a campo para a 23ª rodada no domingo. Os paulistas vão visitar o Fluminense no Engenhão, às 16 horas. O Flamengo vai duelar com o vice-lanterna Atlético-PR em Macaé, às 18 horas.

O JOGO - Empurrado pela torcida e pressionado pela perda provisória da liderança, o Corinthians começou a partida em ritmo acelerado. Emerson criou a primeira boa chance de gol logo no primeiro minuto. Ele bateu por cima do gol de Felipe, após passe preciso de Liedson.

Na base da pressão e com rápidas trocas de passe, o Corinthians assumiu o controle do jogo e não deu espaço para o Flamengo nos primeiros 20 minutos de partida. Paulinho, aos 6 minutos, Emerson, aos 15, e Alex, aos 17, levaram perigo ao gol carioca.

O Corinthians era mais consistente, principalmente no meio-campo e dominava a partida sem sofrer ameaças na defesa. Detinha ainda maior posse de bola, era mais presente no ataque e cometia menos erros de passe.

Mas o domínio começou a sucumbir em uma finalização perigosa de Thiago Neves pela esquerda, aos 26. Júlio César fez bela defesa e gerou o primeiro de três escanteios seguidos ao Flamengo. No último, Ronaldinho encontrou Deivid, sem marcação, debaixo da segunda trave. O atacante só teve o trabalho de escorar para o fundo das redes: 1 a 0.

Sem se abalar com o gol, o Corinthians pressionou o rival até o apito final do primeiro tempo, sem sucesso. "Estamos conseguindo apertar, mesmo que não seja com chances muito claras", avaliou o meia Alex, na saída para o intervalo.

O Corinthians se manteve melhor no início do segundo tempo, mas o Flamengo tratou de equilibrar o jogo nos primeiros instantes. Recuado, o time carioca assustava nos contra-ataques, o que segurava o ímpeto dos anfitriões.

Na defesa, o Flamengo contava com noite inspirada de Felipe. Ele fez pelo menos três grandes defesas na etapa. Segurou firme cruzamento de Alex, aos 6, espalmou finalização de longe de Ramon, aos 9, e pouco depois barrou cabeçada perigosa de Emerson. Aos 14, contou com a sorte em cobrança de falta de Chicão. A bola explodiu no travessão.

Mas o goleiro flamenguista não conseguiu evitar o gol de Liedson aos 17 minutos. O atacante, que pouco antes levara um soco no estômago de Gustavo (o árbitro não viu o lance), aproveitou rebote da defesa e, quase na marca do pênalti, finalizou rasteiro para as redes.

O Flamengo não se abateu com o gol e quase chegou ao seu segundo em grande lançamento de Deivid para Thiago Neves. O meia avançou pela direita, cortou para o meio e bateu rente à trave esquerda de Júlio César, aos 24 minutos.

Mais eficiente, o Corinthians foi premiado pela insistência aos 43 minutos. Após bela troca de passes entre Emerson e Willian, Liedson mostrou oportunismo dentro da área e marcou seu segundo gol na partida, assegurando a vitória dos donos da casa.

HOMENAGEM - O Corinthians homenageou Sócrates, ex-jogador do time, internado na UTI em estado grave, na noite desta quinta. Os jogadores entraram em campo com a inscrição "Dr. Sócrates" na barra das costas da camisa. "É bom dedicar essa vitória ao doutor Sócrates, esse grande ídolo corintiano", declarou Alex ao fim do jogo.

FICHA TÉCNICA:

Corinthians 2 x 1 Flamengo

Corinthians - Júlio César; Alessandro (Welder), Chicão, Leandro Castán, Ramon; Ralf, Paulinho, Alex (Danilo), Jorge Henrique (Willian); Emerson e Liedson. Técnico: Tite.

Flamengo - Felipe; Léo Moura, Welinton, Gustavo, Júnior César; Maldonado (Luiz Philipe), Willians (Fierro), Renato Abreu, Thiago Neves (Bottinelli), Ronaldinho; Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Gols - Deivid, aos 28 minutos do primeiro tempo. Liedson, aos 17 e aos 43 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Alex, Liedson, Emerson (Corinthians); Maldonado, Thiago Neves, Ronaldinho, Bottinelli (Flamengo).

Árbitro - Márcio Chagas da Silva (RS).

Renda - R$ 1.284.311,50.

Público - 35.392 pagantes (37.707 no total).

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

 

 

Leia abaixo notícia de 247 publicada antes dio jogo:

247 - Promete ser emocionante a homenagem que a torcida e o time do Corinthians pretendem prestar esta noite, durante o jogo contra o Flamengo, às 21h50, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, ao seu ídolo Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira – o doutor Sócrates. Presente na história do clube de maior torcida de São Paulo como um de seus maiores e mais elegantes ídolos dentro do campo, fora dele o ex-jogador desenvolveu uma grave cirrose hepática em razão do elevado consumo de bebidas alcoólicas durante praticamente toda a sua vida.

“Ele sabia que um dia isso iria acontecer”, afirmou ontem sua esposa, Katia Bagnarelli, durante rápida entrevista no hospital Albert Einstein, onde Sócrates está internado na UTI. Inconsciente, em coma induzido e respirando por aparelhos, o médico formado e ex-craque não apenas do Corithians, mas também da Seleção Brasileira, do Botafogo-SP, Santos, do Flamengo e da Fiorentina permanece em estado grave. Ele voltou à internação depois de ter recebido alta na semana passada. Aos 57 anos, ele apresentou na madrugada da segunda-feira 5 uma intensa hemorragia na região do esôfago, causada pela cirrose no fígado. O órgão está bastante comprometido pelo alto consumo de bebida alcólica ao longo da vida.

Mesmo inconsciente, Sócrates terá hoje, diante de si, uma televisão para que possa acompanhar a partida e as homenagens que lhe serão feitas pela torcida e, também, pelos atuais jogadores. Eles deverão entrar em campo com faixas com palavras de incentivo ao ídolo. Sócrates foi internado pela primeira vez no dia 19 de agosto. Ele recebeu alta no dia 27, mas na última segunda foi internado novamente.

Leia abaixo notícia de 247 a respeito de Sócrates, publicada mais cedo:

247 – A mulher do ex-jogador Sócrates - um dos melhores e talvez o mais elegante futebolista do mundo na década de 1980, quando brilhou pelo Corinthians e pela Seleção --, internado pela segunda vez em menos de um mês na UTI do Hospital Albert Einstein, admitiu nesta quarta-feira que o problema de saúde enfrentado pelo ídolo corintiano decorre do consumo excessivo de álcool. "Ele sempre foi tímido, às vezes se sentia muito sozinho, e a válvula de escape era a bebida. Ele sabia que isso um dia ia acontecer. Ele nunca mais vai poder beber nada. Ele tem uma doença. Já falei com os médicos e vamos resolver tudo aqui no Brasil mesmo", disse Kátia Bagnarelli.

Kátia disse que pretende, inclusive, dar início a uma campanha de conscientização sobre a bebida. “Depois de tudo isso por que estamos passando aqui, é uma obrigação minha e dele tentar conscientizar as pessoas sobre o problema do alcoolismo. O arrependimento veio agora, me vendo sofrer e pelo sofrimento físico que ele está sentindo”, comentou a mulher do jogador, que informou que Sócrates não consome álcool desde 10 de agosto.

“Ele teve problema com alcoolismo e esse é o principal causador da cirrose. Ele estava sem beber desde o dia 30 de junho. Estivemos em Cuba entre os dias 10 e 16 de agosto e fomos a uma degustação de uma cervejaria. Mas ele tomou só um copo. Em seguida (já no Brasil), teve a crise e acabou internado”, lembrou Kátia, que deu uma curta entrevista coletiva aos repórteres que acompanham a internação do ex-jogador.

Sócrates foi internado pela primeira vez no dia 19 de agosto, por conta de uma hemorragia digestiva alta. Ele recebeu alta no dia 27, mas foi internado novamente na última segunda-feira. Segundo a esposa, o fígado do ex-jogador está comprometido. "Não sei quanto, mas o fígado está comprometido. O procedimento agora é de observação nas próximas 24 horas. Se não houver mudança no quadro, vão começar a reduzir a sedação", disse.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247