"Vão achar que o candidato é o Lula"

O prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), que é candidato à reeleição, partiu para cima do principal adversário, o petista Patrus Ananias, pelo uso 'excessivo' da figura do ex-presidente Lula em sua campanha; "Olhando a televisão, vão achar que o candidato a prefeito é o presidente Lula", dispara Lacerda; desde o início da propaganda eleitoral gratuita, Patrus realmente não tem poupado o ex-presidente em suas inserções

"Vão achar que o candidato é o Lula"
"Vão achar que o candidato é o Lula" (Foto: Edição/247)

Minas 247 - A julgar por seus últimos comentários, Lacerda parece não ponderar o alinhamento nacional entre PT e PSB. Vale lembrar, no domingo (26) o socialista disse que ia "rezar para chover" na próxima sexta (31), data marcada para o comício de Patrus com a presença de Lula, na Praça da Estação.

"O presidente Lula é sempre bem-vindo a Belo Horizonte", disse Lacerda, justificando que a declaração sobre a chuva foi uma brincadeira.

Desde o início da propaganda eleitoral gratuita, terça da semana passada, Patrus realmente não tem poupado o uso das imagens do ex-presidente nas inserções e no bloco de propaganda.

Marcio Lacerda condenou ainda o tom que vem sendo adotado por Patrus nos discursos e também no horário eleitoral. "O outro lado quer se colocar como sensível, amigo dos pobres, disputando contra um tecnocrata frio e conservador", afirmou o prefeito, durante inauguração do seu comitê sindical, na Savassi, Zona Sul da capital mineira nesta quarta.

"E a verdadeira política social é aquela que dá resultados para aquelas pessoas que não tiveram ainda acesso a educação de qualidade em tempo integral para a mãe poder trabalhar, para o pai poder melhorar sua renda. Nós vamos fazer isso", continuou o prefeito.

Sobre as críticas de seu adversário quanto a "falta de liderança", Marcio Lacerda disse que até Lula "falhou". "Você tem que escolher bem seus comandados. Saber planejar junto com eles. Seria a mesma coisa dizer que, se Patrus falhasse, dizer que o ex-presidente Lula falhou".

A declaração pode ser interpretada como uma alfinetada em Patrus pelo fato de ele ter sido ministro do governo Lula. "Até recentemente ele (Patrus) estava disputando para ser vice comigo", completou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247