Vecci propõe gestão que se aproxime do cidadão

Mudar a forma de administrar a Prefeitura de Goiânia é a primeira prioridade do pré-candidato, deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB); “A cidade está abandonada, sem rumo, e nada funciona com deveria funcionar em uma cidade moderna e bela como Goiânia”; segundo Vecci, não dá para ficar só no discurso da falta de recursos ou da crise e não tomar as providências que a cidade precisa e já está exigindo há muito tempo

Giuseppe Vecci foto Eduardo Ferreira
Giuseppe Vecci foto Eduardo Ferreira (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Mudar a forma de administrar a Prefeitura de Goiânia é a primeira prioridade do pré-candidato, deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB). “A cidade está abandonada, sem rumo, e nada funciona com deveria funcionar em uma cidade moderna e bela como Goiânia”. Segundo Vecci, não dá para ficar só no discurso da falta de recursos ou da crise e não tomar as providências que a cidade precisa e já está exigindo há muito tempo.

“Não é só condição financeira. É erro de gestão, falta de planejamento e improvisação”, resume Vecci ao apontar esses como os principais motivos dos moradores de Goiânia serem obrigados a conviver com falhas graves nos serviços básicos de coleta de lixo, varrição, limpeza e manutenção das praças e jardins, serviços de tapa buraco, falta de iluminação das ruas, especialmente na porta das escolas que vêm gerando insegurança aos estudantes e intranquilidade aos pais. Outro problema é a falta de sensibilidade para com as pessoas que precisam de atendimento nas unidades de saúde, que não funcionam, e com os milhares de usuários de um transporte coletivo de má qualidade.

Para o pré-candidato, é preciso urgentemente substituir a improvisação pelo planejamento, e transformar a ação lenta e burocratizada da Prefeitura por uma gestão ágil, eficiente e descentralizada. “Teremos pulso firme para devolver ao goianiense os serviços básicos que ele deixou de ter direito. Não podemos aceitar que uma cidade que já foi das flores, se transforme numa cidade suja, encardida. O goianiense não merece isso”, ressalta.

Para Vecci, aproximar a Prefeitura do povo nos bairros por meio de 10 subprefeituras, além proporcionar comodidade e agilidade ao cidadão, promoverá a reoxigenação da administração e a melhoria da fiscalização por parte dos goianienses. As chefias e cargos de comando comissionados nas regiões serão ocupadas pelos moradores dos bairros, dentro da proposta de uma administração compartilhada. “Os serviços e as obras vão ficar muito mais democráticos, transparentes e eficientes”, afirma Vecci. Para ele, cada regional terá um Conselho de Representantes dos Bairros que vai se reunir periodicamente e monitorar a eficiência e a qualidade dos serviços públicos e das obras, em estreita colaboração com os vereadores.

Esta e outras proposições já estão sendo trabalhadas no esboço de seu plano de governo, que será elaborado também pelas 10 regiões de Goiânia, com a participação da população. “Nosso caminho é ouvir, ouvir, ouvir”, explica o pré-candidato. Vecci, que é especialista em planejamento estratégico, quer criar uma nova Prefeitura baseada em alguns mandamentos: planejar o que vai fazer; executar o planejamento de forma descentralizada e eficiente; gastar os recursos assegurados; acompanhar e fiscalizar de perto a qualidade dos serviços e obras realizadas com a participação da população; medir os resultados que serão sempre disponibilizados para a sociedade; e trabalhar integrando todos os órgãos para somar esforços e diminuir custos.

“As propostas que estou discutindo com a população de Goiânia são fruto de muitos anos morando em Goiânia e observando as diversas administrações que já tivemos. Mas elas são especialmente resultantes da minha experiência como gestor público nos diferentes governos que participei exercendo funções técnicas como planejador e gestor”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247