Veja detona festinhas "fantasmas" de Silvio Costa

Coluna Panorama Radar traz a informao de que festinhas, que seriam bancadas, em municpios do Interior do Estado, por emendas do parlamentar petebista, no ocorreram. Segundo a publicao, os fiscais do Ministrio do Turismo foram aos locais nos dias dos supostos eventos, mas no encontraram nada

Veja detona festinhas "fantasmas" de Silvio Costa
Veja detona festinhas "fantasmas" de Silvio Costa (Foto: Wilson Dias/ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – A polêmica em torno da liberação de emendas parlamentares para a promoção de festas parece não ter fim. Neste fim de semana, a coluna Panorama Radar, da Revista veja, afirma que cerca de R$ 300 mil, encaminhados com esse fim pelo deputado federal Silvio Costa (PTB-PE) devem ter ido parar no ralo. De acordo com a publicação, o recurso seria destinado para a promoção de três festas no Interior Pernambuco, mas, quando os fiscais do Ministério do Turismo foram aos locais nos dias dos eventos, não encontraram nada. As festas estavam marcadas para o mês de dezembro.

Entretanto, a coluna não informa quais seriam os municípios beneficiados pelas emendas do deputado Silvio Costa. O PE247 tentou, sem sucesso, contato com o parlamentar para que ele explicasse o que ocorreu nessas supostas festinhas fantasmas.

Vale lembrar que o filho do deputado federal Silvio Costa, o deputado estadual em Pernambuco Silvio Costa Filho (PTB), deixou o comando da Secretaria de Turismo do Estado, em 2009, após o estouro de um escândalo envolvendo shows fantasmas. Na época, os chamados “Festejos Natalinos” também eram “patrocinados” por emendas via Ministério do Turismo.

Silvinho, como é conhecido, acabou inocentado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), por não ser o ordenador de despesas. O seu então secretário-executivo, José Ricardo Diniz, é quem foi responsabilidade.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email