Veja os deputados gaúchos cúmplices da corrupção

Onze dos 17 deputados da bancada gaúcha na Câmara Federal pelo arquivamento da denúncia contra Michel Temer por corrupção passiva; dentre os parlamentares, estão Yeda Crusius (PSDB), Alceu Moreira (PMDB), Darcísio Perondi (PMDB), e Osmar Terra (PMDB); também votaram pela paralisação das investigações  José Fogaça (PMDB), Mauro Pereira (PMDB), Renato Molling (PP), José Otávio Germano (PP), Cajar Nardes (PR), Ronaldo Nogueira (PTB) e Sérgio Moraes (PTB)   

Onze dos 17 deputados da bancada gaúcha na Câmara Federal pelo arquivamento da denúncia contra Michel Temer por corrupção passiva; dentre os parlamentares, estão Yeda Crusius (PSDB), Alceu Moreira (PMDB), Darcísio Perondi (PMDB), e Osmar Terra (PMDB); também votaram pela paralisação das investigações  José Fogaça (PMDB), Mauro Pereira (PMDB), Renato Molling (PP), José Otávio Germano (PP), Cajar Nardes (PR), Ronaldo Nogueira (PTB) e Sérgio Moraes (PTB) 
 
Onze dos 17 deputados da bancada gaúcha na Câmara Federal pelo arquivamento da denúncia contra Michel Temer por corrupção passiva; dentre os parlamentares, estão Yeda Crusius (PSDB), Alceu Moreira (PMDB), Darcísio Perondi (PMDB), e Osmar Terra (PMDB); também votaram pela paralisação das investigações  José Fogaça (PMDB), Mauro Pereira (PMDB), Renato Molling (PP), José Otávio Germano (PP), Cajar Nardes (PR), Ronaldo Nogueira (PTB) e Sérgio Moraes (PTB)    (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sul 21 - Dezessete deputados da bancada gaúcha na Câmara Federal votaram a favor da aceitação da denúncia feita pela Procuradoria Geral da República contra Michel Temer e da abertura de investigação sobre a mesma, enquanto 11 parlamentares votaram a favor do arquivamento da denúncia. O deputado Giovani Cherini (PR) não estava presente à sessão. O voto “Não”, contra o relatório que propõe o arquivamento, é contra Temer, enquanto o voto “Sim” é favorável ao peemedebista. Toda a bancada federal do PMDB votou favorável a Temer. Veja como foram os votos:

VOTO NÃO (Aceitação da denúncia)

Afonso Hamm (PP) – NÃO
Afonso Motta (PDT) – NÃO
Elvino Bohn Gass (PT) – NÃO
Carlos Gomes (PRB) – NÃO
Danrlei de Deus Hinterholz (PSD) – NÃO
Dionilso Marcon (PT) – NÃO
Heitor Schuch (PSB) – NÃO
Henrique Fontana (PT) – NÃO
Jerônimo Goergen (PP) – NÃO
João Derly (REDE) – NÃO
Jose Stédile (PSB) – NÃO
Luis Carlos Heinze (PP) – NÃO
Marco Maia (PT) – NÃO
Maria do Rosário (PT) – NÃO
Onyx Lorenzoni (DEM) – NÃO
Paulo Pimenta (PT) – NÃO
Pepe Vargas (PT) – NÃO
Pompeo de Mattos (PDT) – NÃO

SIM (pelo arquivamento da denúncia)

Alceu Moreira (PMDB) – SIM
Cajar Nardes (PR) – SIM
Darcísio Perondi (PMDB) – SIM
José Fogaça (PMDB) – SIM
José Otávio Germano (PP) – SIM
Mauro Pereira (PMDB) – SIM
Osmar Terra (PMDB) – SIM
Renato Molling (PP) – SIM
Ronaldo Nogueira (PTB) – SIM
Sérgio Moraes (PTB) – SIM
Yeda Crusius (PSDB) – SIM

Ausente

Giovani Cherini (PR)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247