Vendas do Dia dos Pais poderá melhorar movimentação no comércio

Pesquisa divulgada hoje, pela Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), sobre o Potencial de Consumo de Fortaleza para o Dia dos Pais, aponta que os consumidores de Fortaleza irão movimentar R$ 120 milhões, no comércio local, com a compra de presentes. Segundo a pesquisa, esse resultado representa um aumento de 7% sobre o valor estimado, para a mesma data, no ano passado 

Pesquisa divulgada hoje, pela Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), sobre o Potencial de Consumo de Fortaleza para o Dia dos Pais, aponta que os consumidores de Fortaleza irão movimentar R$ 120 milhões, no comércio local, com a compra de presentes. Segundo a pesquisa, esse resultado representa um aumento de 7% sobre o valor estimado, para a mesma data, no ano passado 
Pesquisa divulgada hoje, pela Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), sobre o Potencial de Consumo de Fortaleza para o Dia dos Pais, aponta que os consumidores de Fortaleza irão movimentar R$ 120 milhões, no comércio local, com a compra de presentes. Segundo a pesquisa, esse resultado representa um aumento de 7% sobre o valor estimado, para a mesma data, no ano passado  (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - Apesar da forte crise econômica e da retração do consumo, o dia dos Pais pode vir a representar uma melhor movimentação para o comércio. Pesquisa divulgada hoje, pela Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), sobre o Potencial de Consumo de Fortaleza para o Dia dos Pais, aponta que os consumidores de Fortaleza irão movimentar R$ 120 milhões, no comércio local, com a compra de presentes. 

Segundo a pesquisa, esse resultado representa um aumento de 7% sobre o valor estimado, para a mesma data, no ano passado (R$ 112 milhões), confirmando o Dia dos Pais como a quinta melhor data comemorativa para o varejo de Fortaleza.

O valor médio da compra foi estimado em R$ 149,00 e a forma de pagamento mais utilizada será o pagamento à vista (64,8% das respostas), seguida do cartão de crédito (36,5%).

A pesquisa mostrou ainda que 45,5% dos entrevistados afirmaram intenção de ir às compras para o Dia dos Pais, percentual superior ao da mesma pesquisa no ano passado, de 39,8%. O perfil predominante do potencial comprador é do sexo feminino (46,3%), com idade até 20 anos (61,4%) e renda familiar entre três e seis salários mínimos (53,5%). Vestuário é preferência de 49,6% dos entrevistados

Os produtos preferenciais apontados na pesquisa são vestuário, com 49,6% de intenção de compra; seguindo de calçados e bolsas, com 19,0%; itens de perfumaria, com 14,4% e relógios, com 12,6%.

A pesquisa também revela que 51,3% dos entrevistados pretendem comemorar a data, principalmente em suas próprias residências (79,0% das respostas) ou em restaurantes (13,7%). A procura por restaurantes varia com a renda, sendo mais intensa no grupo com renda superior a seis salários mínimos (47,8%). Consumo tende a ser 7% maior do que em 2016

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247