Vereador é morto a tiros em emboscada

O advogado e vereador pelo PSDB do município de Piaçabuçu, no Litoral Sul de Alagoas, Antônio Cezar Carmo, foi morto a tiros após sofrer uma emboscada; a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Alagoas (OAB/AL) publicou uma nota afirmando que o advogado foi vítima em decorrência do exercício da advocacia; um representante da identidade foi indicado para acompanhar as investigações

O advogado e vereador pelo PSDB do município de Piaçabuçu, no Litoral Sul de Alagoas, Antônio Cezar Carmo, foi morto a tiros após sofrer uma emboscada; a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Alagoas (OAB/AL) publicou uma nota afirmando que o advogado foi vítima em decorrência do exercício da advocacia; um representante da identidade foi indicado para acompanhar as investigações
O advogado e vereador pelo PSDB do município de Piaçabuçu, no Litoral Sul de Alagoas, Antônio Cezar Carmo, foi morto a tiros após sofrer uma emboscada; a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Alagoas (OAB/AL) publicou uma nota afirmando que o advogado foi vítima em decorrência do exercício da advocacia; um representante da identidade foi indicado para acompanhar as investigações (Foto: Voney Malta)

Alagoas247 - A violência que levou Alagoas ao primeiro lugar no Brasil no ranking de homicídios fez mais uma vítima nesta quarta-feira (10). O advogado Antônio Cezar Carmo, inscrito na subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Penedo, foi morto a tiros após sofrer uma emboscada no Litoral Sul do estado. Ele era vereador pelo PSDB em Piaçabuçu e marido da vice-prefeita da cidade, Lúcia Marinho, do mesmo partido.

A vítima foi abordada por criminosos em Jacarecica do Sul, em Jequiá da Praia, e atingida por disparos de arma de fogo. Antônio Cezar perdeu controle do carro que guiava e caiu em uma ribanceira.

O presidente da OAB em Penedo, José Góes, disse que Antônio Cezar militava há anos na política e que a morte do vereador é uma grande perda. "Cobramos o esclarecimento desse crime, que não pode ficar impune. Estamos todos muito tristes com o que aconteceu", afirmou José Góes.

O crime será investigado pelo delegado Abelardo Leopoldino, que responde pela delegacia de Jequiá da Praia. "Estou na cidade, mas não posso passar nenhum tipo de informação sobre o caso", disse. Equipe da Delegacia Regional de São Miguel dos Campos também foi acionada.

A OAB divulgou nota, cobrando das autoridades esclarecimento do crime.

Confira nota na íntegra:

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL) está profundamente consternada com o lamentável episódio envolvendo o advogado Antônio Cezar Carmo, inscrito na Subseção de Penedo, assassinado na manhã desta quarta-feira (10), vítima de uma emboscada, na estrada de acesso ao município de Piaçabuçu.

A Ordem vem a público em nome de toda a advocacia alagoana para apresentar a veemente indignação da classe, diante de mais uma vida ceifada pela violência que se abate sobre o nosso Estado.

O lamentável ocorrido se revestirá de uma gravidade ainda maior, caso se comprove que o advogado foi vítima de tamanha violência em decorrência do exercício da advocacia.

A OAB/AL está em permanente contato com as autoridades competentes do Estado, para cobrar a elucidação do crime e a punição dos responsáveis o mais rápido possível. Nesta linha, comunica à advocacia alagoana que já foi designado um representante da OAB/AL para acompanhar o caso.

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247