Vereador quer cortesia de 5 horas em estacionamento dos shoppings

Vereador Odiosvaldo Vigas vai fazer indicação à Prefeitura de Salvador para que o governo municipal "exija" aumento dos atuais 30 minutos para cinco horas o período de gratuidade nos shoppings de Salvador, que começaram a cobrança no último dia 22; "É extremamente absurdo os shoppings só darem 30 minutos de tolerância aos consumidores. Num final de semana, por exemplo, o cidadão que vai com sua família almoçar e ao cinema e ainda terá de pagar para estacionar seu carro. Isso não tem cabimento. As pessoas estarão consumindo, gastando dinheiro no shopping", argumenta Odiosvaldo

Vereador Odiosvaldo Vigas vai fazer indicação à Prefeitura de Salvador para que o governo municipal "exija" aumento dos atuais 30 minutos para cinco horas o período de gratuidade nos shoppings de Salvador, que começaram a cobrança no último dia 22; "É extremamente absurdo os shoppings só darem 30 minutos de tolerância aos consumidores. Num final de semana, por exemplo, o cidadão que vai com sua família almoçar e ao cinema e ainda terá de pagar para estacionar seu carro. Isso não tem cabimento. As pessoas estarão consumindo, gastando dinheiro no shopping", argumenta Odiosvaldo
Vereador Odiosvaldo Vigas vai fazer indicação à Prefeitura de Salvador para que o governo municipal "exija" aumento dos atuais 30 minutos para cinco horas o período de gratuidade nos shoppings de Salvador, que começaram a cobrança no último dia 22; "É extremamente absurdo os shoppings só darem 30 minutos de tolerância aos consumidores. Num final de semana, por exemplo, o cidadão que vai com sua família almoçar e ao cinema e ainda terá de pagar para estacionar seu carro. Isso não tem cabimento. As pessoas estarão consumindo, gastando dinheiro no shopping", argumenta Odiosvaldo (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) vai fazer nesta semana uma indicação à Prefeitura de Salvador para que o governo municipal "exija" aumento dos atuais 30 minutos para cinco horas o período de gratuidade nos shoppings de Salvador, que começaram a cobrança no último dia 22 (com exceção do Bela Vista, que vai começar a cobrar em julho).

"É extremamente absurdo os shoppings só darem 30 minutos de tolerância aos consumidores. Num final de semana, por exemplo, o cidadão que vai com sua família almoçar e ao cinema e ainda terá de pagar para estacionar seu carro. Isso não tem cabimento. As pessoas estarão consumindo, gastando dinheiro no shopping", argumenta Odiosvaldo.

O vereador prometeu fazer também uma indicação formal ao Congresso Nacional sugerindo que haja uma lei que regulamente a fiscalização dos órgãos estaduais e municipais de trânsito nos estacionamentos dos shoppings para fiscalizar as vagas destinadas a idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais.

"É outro problema que encontramos nos shoppings hoje. Eles começaram a cobrar pelo estacionamento, mas não estão preocupados com o bem estar do cidadão, como nesse caso das vagas especiais. Apenas sinalizar as vagas não é o bastante. Tem que ter fiscalização, e os órgãos de trânsito devem ter amparo numa lei em nível nacional para fiscalizar e punir os infratores", afirma Odiosvaldo Vigas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247