Vereadora gaúcha diz que “nordestinos sabem se unir para roubar”

Vereadora de Farroupilha Eleonora Broilo (PMDB) faz ataque racista aos nordestinos; “Em relação a nordestino saber fazer política, não sei se eu concordo muito. Eu acho que os nordestinos sabem muito bem se unir, sim, para roubar. Eles sabem se unir para ganhar propina. Eu acho que eles sabem se unir para aumentar a corrupção. Isso eu acho que eles são donos. Isso eu concordo, plenamente”, disse a vereadora

Vereadora de Farroupilha Eleonora Broilo (PMDB) faz ataque racista aos nordestinos; “Em relação a nordestino saber fazer política, não sei se eu concordo muito. Eu acho que os nordestinos sabem muito bem se unir, sim, para roubar. Eles sabem se unir para ganhar propina. Eu acho que eles sabem se unir para aumentar a corrupção. Isso eu acho que eles são donos. Isso eu concordo, plenamente”, disse a vereadora
Vereadora de Farroupilha Eleonora Broilo (PMDB) faz ataque racista aos nordestinos; “Em relação a nordestino saber fazer política, não sei se eu concordo muito. Eu acho que os nordestinos sabem muito bem se unir, sim, para roubar. Eles sabem se unir para ganhar propina. Eu acho que eles sabem se unir para aumentar a corrupção. Isso eu acho que eles são donos. Isso eu concordo, plenamente”, disse a vereadora (Foto: Charles Nisz)

Rio Grande do Sul 247 - A vereadora Eleonora Broilo (PMDB) fez comentários ofensivos aos nordestinos em sessão pública realizada na última segunda-feira (22) na Câmara de Vereadores de Farroupilha (RS). Na mesma sessão, Raul Herpich (PDT) criticou os deputados gaúchos e afirmou que eles "mal e mal falam entre si" para defender os interesses do Estado, ao contrário dos "nordestinos, que se unem e levam todas as vantagens porque sabem fazer política". Eleonora então respondeu que “os nordestinos sabem se unir para roubar”.

 Numa discussão sobre a crise política do país, na qual o presidente Michel Temer (PMDB) é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça, e diversos políticos, inclusive gaúchos, são citados em escândalos envolvendo desvios de dinheiro público, ela resolveu se manifestar:

 “Em relação a nordestino saber fazer política, não sei se eu concordo muito. Eu acho que os nordestinos sabem muito bem se unir, sim, para roubar. Eles sabem se unir para ganhar propina. Eu acho que eles sabem se unir para aumentar a corrupção. Isso eu acho que eles são donos. Isso eu concordo, plenamente”, disse Eleonora.

 Prosseguindo na generalização, ela afirmou que “os nordestinos seriam um povo propenso à corrupção” e ironizou a maneira como os nordestinos falam: “Talvez até eles não saibam falar muito bem, mas sabem roubar que é uma maravilha. Nisso eu concordo”.

No Facebook, a vereadora diz que sua fala foi descontextualizada. "Nesse sentido, manifestei-me com referência exclusivamente aos políticos nordestinos – e não ao povo nordestino –, ocasião em que efetivamente fiz considerações desabonatórias ao seu modo – dos políticos nordestinos, reitera-se – de fazer política. Em nenhum momento minha fala, veiculada num espaço político, se referiu ao povo nordestino”, se defendeu Eleonora.

 Já a Câmara de Vereadores de Farroupilha afirmou que "em razão da repercussão que ocorre via redes sociais, e veículos de comunicação, sobre a manifestação da vereadora Eleonora Broilo na sessão do dia 22 de maio deste ano, tomará as medidas estabelecidas no Regimento Interno e Código de Ética deste Poder Legislativo. A Câmara deverá abrir um processo na Comissão de Ética contra a parlamentar.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247