Vídeo de Messi tomando Coca-Cola foi "brincadeira"

Benehilton Alves, torcedor do Vitória, encontrou o craque argentino eleito três vezes o melhor do mundo num bar de hotel e lhe pediu para posar com a camisa do rubro negro baiano; até aí, tudo bem; problema é que no início do vídeo, Messi aparece com uma lata de Coca-Cola sobre a mesa, o que, para o garoto-propaganda global da Pepsi, deveria ser proibido

Vídeo de Messi tomando Coca-Cola foi "brincadeira"
Vídeo de Messi tomando Coca-Cola foi "brincadeira" (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

Segue a toda a repercussão do vídeo feito pelo baiano Benehilton Alves com o craque Lionel Messi, publicado neste espaço no último domingo (20).

Na imagem Messi aparece num bar de hotel, ao lado da esposa Antonella Roccuzzo, quando é interrompido pelo torcedor do Vitória, que lhe dá de presente a camisa do rubro negro baiano.

Em seguida, ele pede para gravar a cena em vídeo, o que o craque argentino, solícito, aceita. "Um dia tu vai jogar nessa equipe", diz o baiano.

Até aí, tudo bem. Problema é que no início do vídeo, o jogador três vezes eleito melhor do mundo aparece com uma lata de Coca-Cola sobre a mesa, o que, para o garoto-propaganda global da Pepsi, deveria ser proibido.

Inocente, Benehilton conta que tudo começou de "uma brincadeira". Mas a diversão pode custar milhões em perdas de acordos comerciais ao craque argentino. A Pepsi ainda não se manifestou.

No passado, numa situação inversa, quando Ronaldinho Gaúcho, garoto-propaganda da Coca-Cola foi fotografado tomando uma Pepsi, o contrato foi imediatamente rescindido.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247