Vilmar Oliveira assume comando do SD no estado

A decisão foi tomada durante reunião da bancada de deputados da legenda com o presidente nacional do partido, Paulinho da Força, e com o vice-presidente nacional e ex-deputado Eduardo Gomes; "Principal objetivo, neste primeiro momento, é oxigenar o partido, formando comissões provisórias em todo o estado e preparando-o para as próximas eleições com a construção do maior número possível de candidaturas", destacou; Vilmar substitui o ex-governador Sandoval Cardoso no comando da legenda; partido deve caminhar para integrar a base do governador Marcelo Miranda na Assembleia

A decisão foi tomada durante reunião da bancada de deputados da legenda com o presidente nacional do partido, Paulinho da Força, e com o vice-presidente nacional e ex-deputado Eduardo Gomes; "Principal objetivo, neste primeiro momento, é oxigenar o partido, formando comissões provisórias em todo o estado e preparando-o para as próximas eleições com a construção do maior número possível de candidaturas", destacou; Vilmar substitui o ex-governador Sandoval Cardoso no comando da legenda; partido deve caminhar para integrar a base do governador Marcelo Miranda na Assembleia
A decisão foi tomada durante reunião da bancada de deputados da legenda com o presidente nacional do partido, Paulinho da Força, e com o vice-presidente nacional e ex-deputado Eduardo Gomes; "Principal objetivo, neste primeiro momento, é oxigenar o partido, formando comissões provisórias em todo o estado e preparando-o para as próximas eleições com a construção do maior número possível de candidaturas", destacou; Vilmar substitui o ex-governador Sandoval Cardoso no comando da legenda; partido deve caminhar para integrar a base do governador Marcelo Miranda na Assembleia (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - O deputado estadual Vilmar Oliveira é quem irá comandar o Solidariedade no Tocantins. Ele substitui o ex-governador Sandoval Cardoso. 

A decisão foi tomada durante reunião da bancada de deputados da legenda com o presidente nacional do partido, Paulinho da Força, e com o vice-presidente nacional e ex-deputado Eduardo Gomes, que informaram que a escolha se deu pela necessidade de ter no comando do partido alguém que tenha mandato eletivo e assim facilitar o contato com as bases e lideranças políticas.

Segundo Vilmar, o partido será comandado com ajuda dos demais deputados. "O principal objetivo, neste primeiro momento, é oxigenar o partido, formando comissões provisórias em todo o estado e preparando-o para as próximas eleições com a construção do maior número possível de candidaturas", destacou. Além dele, também integram a banca do SD na Assembleia os deputados Jorge Frederico, Amélio Cayres e Wanderlei Barbosa.

O novo presidente afirmou que nesta semana deve anunciar a primeira reunião do SD com parlamentares, prefeitos, vereadores e lideranças para discutir estratégias de desenvolvimento para o partido.

O Solidariedade lançou a candidatura à reeleição de Sandoval Cardoso na campanha eleitoral de 2014 e perdeu para o atual governador Marcelo Miranda (PMDB). De janeiro para cá, os quatro integrantes da bancada do partido na Assembleia, se aproximaram da base do governo e discussões já foram iniciadas para o partido apoiar oficialmente a gestão Marcelo Miranda. 

O ex-governador Sandoval Cardoso chegou a dizer que não acreditava que a direção nacional do SD fosse tirar dele o comando do partido. "Sou o político do partido que mais recebeu votos em todo o Brasil no ano passado, por isso, quero crer que o Paulinho vai manter a direção do Solidariedade do Estado", afirmou Sandoval em no início de maio (leia mais).

Leia também: Solidariedade deve oficializar apoio a Marcelo

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247