Vitti: unidade da Caracal em Anápolis é resultado da ousadia de Marconi

O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), comemora a chegada em Goiás da primeira filial no Brasil da Caracal Internacional; empresa árabe de armamentos acaba de lançar a pedra fundamental da planta industrial na cidade de Anápolis; Vitti acompanhou de perto as negociações para a instalação da unidade da Caracal em solo goiano como integrante da missão comercial do Governo de Goiás nos Emirados Árabes; ele afirma que a unidade da empresa no Estado vai gerar empregos e incrementar arrecadação estadual

O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), comemora a chegada em Goiás da primeira filial no Brasil da Caracal Internacional; empresa árabe de armamentos acaba de lançar a pedra fundamental da planta industrial na cidade de Anápolis; Vitti acompanhou de perto as negociações para a instalação da unidade da Caracal em solo goiano como integrante da missão comercial do Governo de Goiás nos Emirados Árabes; ele afirma que a unidade da empresa no Estado vai gerar empregos e incrementar arrecadação estadual
O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), comemora a chegada em Goiás da primeira filial no Brasil da Caracal Internacional; empresa árabe de armamentos acaba de lançar a pedra fundamental da planta industrial na cidade de Anápolis; Vitti acompanhou de perto as negociações para a instalação da unidade da Caracal em solo goiano como integrante da missão comercial do Governo de Goiás nos Emirados Árabes; ele afirma que a unidade da empresa no Estado vai gerar empregos e incrementar arrecadação estadual (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), comemora a chegada em Goiás da primeira filial no Brasil da Caracal Internacional. A empresa árabe de armamentos acaba de lançar a pedra fundamental da planta industrial na cidade de Anápolis.

Vitti acompanhou de perto as negociações para a instalação da unidade da Caracal em solo goiano como integrante da missão comercial do Governo de Goiás nos Emirados Árabes. Ele afirma que a unidade da empresa no Estado vai gerar empregos e incrementar arrecadação estadual.

"Para o Estado é fundamental, uma vez que vai gerar 600 empregos diretos de imediato e uma arrecadação muito forte para o Estado de Goiás. Ganha Goiás e ganha o Brasil", comentou. Ele disse que, com a instalação da indústria bélica, o custo de armamento para as forças policiais do País será muito menor.

"A vinda da Caracal para Goiás é uma resposta aos setores atrasados e provincianos da política de Goiás que criticam as missões internacionais. Positivamente, isso é resultado da ousadia e da visão de futuro do governador Marconi Perillo", afirmou.

A Caracal produz armamentos e munições exclusivas para as forças de segurança pública do Brasil e com atenção voltada para o mercado da América Latina. A opção por Goiás ocorreu pela força da economia goiana e pelo programa de incentivos industriais do governo Marconi Perillo, além da localização estratégica do Estado, próximo aos grandes centros consumidores do País.

Fabricante de armas pequeno calibre, a empresa fará um investimento inicial de R$ 100 milhões na construção da planta industrial e início das operações em Anápolis. O protocolo de intenções foi assinado durante a Missão Comercial do Governo de Goiás no Oriente Médio, em fevereiro de 2017.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247