"Vou mostrar participação de cada partido"

Ameaça é do candidato democrata à Prefeitura do Salvador, ACM Neto, em resposta aos ataques do petista Nelson Pelegrino, que deu início à sua propaganda eleitoral gratuita na TV com um vídeo mostrando o apoio do adversário para a reeleição de João Henrique (PP) em 2008; como bem lembra o presidente do DEM na Bahia, José Carlos Aleluia, o PP de João Henrique faz parte da coligação encabeçada pelo PT; consequentemente, os progressistas dão mais tempo a Pelegrino na TV

"Vou mostrar participação de cada partido"
"Vou mostrar participação de cada partido" (Foto: Divulgação)

Bahia 247

Não demorou ao candidato do DEM à Prefeitura do Salvador, ACM Neto, responder ao ataque direto do adversário petista Nelson Pelegrino, que expôs em sua propaganda eleitoral gratuita na noite desta quarta-feira (22) um vídeo do segundo turno das eleições de 2008, na qual Neto disse 'sim' ao prefeito reeleito João Henrique (PP), hoje o mais mal avaliado do Brasil.

Para fechar a conta, a propaganda do PT diz ainda que ACM Neto e o DEM teve participação ativa na segunda (e atual) gestão de João Henrique.

Sutil, Neto disse que sua campanha será "centrada" na apresentação de propostas para Salvador, mas garantiu também que está pronto para debater a responsabilidade de cada partido nos últimos oito anos na Prefeitura.

"Na propaganda política que começou ontem (terça-feira), eles começaram a nos agredir, mas tudo bem. No primeiro debate que farei abertamente com a cidade de Salvador e, começo hoje aqui, vou mostrar qual foi a participação de cada partido nos últimos oito anos nesta cidade", ameaçou.

Para engrossar o coro, o presidente do DEM na Bahia, o ex-deputado conhecido por sua língua afiada, José Carlos Aleluia, partiu em defesa de seu candidato e disparou contra o PT do governador Jaques Wagner e de Pelegrino. Aleluia lembra que o PP, partido de João Henrique, integra a coligação encabeçada pelo PT.

"Pelegrino está cuspindo no prato que come. Numa demonstração de total ingratidão, ataca João Henrique no horário político, usando o tempo do partido do prefeito. O PP, do qual João Henrique é o presidente municipal, faz parte da coligação que apoia o candidato petista".

O líder democrata baiano diz ainda que "contradições" e "ingratidões" fazem parte da história do PT. "Eles prometeram mundos e fundos nas campanhas de Jaques Wagner e o resultado foi a Bahia se transformar na terra da violência, do pior ensino público do País e da saúde pública caótica, onde o cidadão morre, esperando atendimento".

Pelegrino, de acordo com Aleluia, não foge à regra petista. "Pelegrino também acha que pode enganar todo mundo o tempo todo. Esquece-se que gente sua esteve no controle da secretaria municipal de saúde durante o primeiro mandato de João Henrique e só ajudou a piorar o sistema municipal de saúde".

Aleluia observa ainda que, se o presidente municipal do PP, João Henrique, só serviu para dar tempo no horário político a Pelegrino, o eleitor deve se precaver com o uso de seu voto, porque poderá ser vítima da mesma ingratidão. "A ingratidão é filha da soberba, já dizia o autor de Dom Quixote, Miguel de Cervantes".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247