Wagner detona Souto: "É funcionário de família"

Em referência evidente à relação do democrata com o falecido ex-senador e ex-governador ACM, o petista disse que Paulo Souto, candidato do DEM, "não tem status" para voltar a ser governador; "Vou repetir: o cidadão é funcionário de família, nunca teve trajetória construída por ele próprio. Sempre viveu de favor dos outros e por isso pensa pequeno. Ele próprio se declarou um homem cauteloso. Aquilo não é cauteloso, aquilo é, me perdoe a expressão, falta de vontade política"

Em referência evidente à relação do democrata com o falecido ex-senador e ex-governador ACM, o petista disse que Paulo Souto, candidato do DEM, "não tem status" para voltar a ser governador; "Vou repetir: o cidadão é funcionário de família, nunca teve trajetória construída por ele próprio. Sempre viveu de favor dos outros e por isso pensa pequeno. Ele próprio se declarou um homem cauteloso. Aquilo não é cauteloso, aquilo é, me perdoe a expressão, falta de vontade política"
Em referência evidente à relação do democrata com o falecido ex-senador e ex-governador ACM, o petista disse que Paulo Souto, candidato do DEM, "não tem status" para voltar a ser governador; "Vou repetir: o cidadão é funcionário de família, nunca teve trajetória construída por ele próprio. Sempre viveu de favor dos outros e por isso pensa pequeno. Ele próprio se declarou um homem cauteloso. Aquilo não é cauteloso, aquilo é, me perdoe a expressão, falta de vontade política" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - A proximidade das eleições mexe com os ânimos dos candidatos e dos líderes políticos e a deste ano não é diferente. O PT de Rui Costa, candidato que tem 15% das intenções de voto, já parte para o tudo ou nada com Paulo Souto, candidato do DEM que aparece com 44% da preferência do eleitorado, segundo as últimas pesquisas.

Líder maior do PT na Bahia, o governador Jaques Wagner partiu com tudo para cima de Souto nesta quarta-feira em entrevista coletiva ao inaugurar a 29ª Delegacia Territorial de Plataforma, no subúrbio ferroviário de Salvador.

Em referência evidente à relação do democrata com o falecido ex-senador e ex-governador da Bahia Antonio Carlos Magalhães, o petista disse que Souto "não tem status" para voltar a ser governador.

"Vou repetir: o cidadão é funcionário de família, nunca teve trajetória construída por ele próprio. Sempre viveu de favor dos outros e por isso pensa pequeno. Ele próprio se declarou um homem cauteloso. Aquilo não é cauteloso, aquilo é, me perdoe a expressão, falta de vontade política".

Jaques Wagner continuou com seu bombardeio dizendo que o candidato do DEM faz apenas o "feijão com arroz, coisa que a Bahia está cansada", e afirmou que a imagem do velho ACM "já foi substituída por um novo patrão", o atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247