Wagner lembra poema de Drummond: Temer salva Aécio que salva Temer

"Em um dia o Senado, com a ajuda de Temer, salva Aécio. No outro, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara vota a favor de Temer", resumiu o ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner, lembrando do poema "Quadrilha", de Carlos Drummond de Andrade; "Temer salva Aécio que salva Temer. Parece até um poema de Drummond, mas é só mais um capítulo do grande acordo nacional", completa

"Em um dia o Senado, com a ajuda de Temer, salva Aécio. No outro, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara vota a favor de Temer", resumiu o ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner, lembrando do poema "Quadrilha", de Carlos Drummond de Andrade; "Temer salva Aécio que salva Temer. Parece até um poema de Drummond, mas é só mais um capítulo do grande acordo nacional", completa
"Em um dia o Senado, com a ajuda de Temer, salva Aécio. No outro, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara vota a favor de Temer", resumiu o ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner, lembrando do poema "Quadrilha", de Carlos Drummond de Andrade; "Temer salva Aécio que salva Temer. Parece até um poema de Drummond, mas é só mais um capítulo do grande acordo nacional", completa (Foto: Gisele Federicce)

Bahia 247 - O ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner lembrou de um poema de Carlos Drummond de Andrade, "Quadrilha", para resumir a troca escandalosa de apoios entre o Executivo e o Congresso.

"Em um dia o Senado, com a ajuda de Temer, salva Aécio. No outro, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara vota a favor de Temer", publicou Wagner, que é Secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia.

"Temer salva Aécio que salva Temer. Parece até um poema de Drummond, mas é só mais um capítulo do grande acordo nacional", completou o político baiano.

O poema de Drummond dizia: 'João amava Teresa que amava Raimundo...".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247