Wagner vai trocar “quem não teve boa performance”

Comandante do Executivo baiano continua sem citar nomes para a 'minirreforma' do seu secretariado; intenção é não "desgastar" quem não vai continuar; "Não gosto de queimar ninguém. Não tem reforma. Mas pode ter um secretário e outro, que não teve um bom rendimento, mas não vou fazer pirueta"

Wagner vai trocar “quem não teve boa performance”
Wagner vai trocar “quem não teve boa performance” (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

O governador Jaques Wagner (PT) deu asas mais uma vez às especulações acerca da chamada 'minirreforma' que fará no primeiro escalão da máquina pública estadual.

Em entrevista nesta manhã ao programa Balanço Geral, da Record Bahia, o petista disse que os secretários que não tiveram uma "boa performance" serão "trocados".

O comandante do Executivo baiano continua sem citar nomes. "Não gosto de queimar ninguém. Não tem reforma. Mas pode ter um secretário e outro, que não teve um bom rendimento, mas não vou fazer pirueta".

Enquanto os nomes não são anunciados crescem as apostas e, na seara das especulações, as pastas que deverão ter troca de comando são a Secretaria Estadual de Assuntos da Copa (Secopa), hoje a cargo de Ney Campello; a das Relações Institucionais (Serin), cujo chefe é Cézar Lisboa; a do Meio Ambiente (Sema), de Eugênio Spengler; a de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), atualmente sob gestão de Maria Moraes de Carvalho Mota (secretária em exercício); a pasta do Desenvolvimento Urbano (Sedur), cujo secretário é Cécero Monteiro.

Ainda na entrevista, Jaques Wagner anunciou que está embarcando no próximo dia 14 para a China onde tentará atrair duas empresas para a Bahia, um grupo automotivo de Beijing e a Petrochina.

O governador irá acompanhado do secretário do planejamento, José Sérgio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras e possível candidato à sua sucessão em 2014.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email