Yamaguchi Falcão fica com o bronze no boxe

Brasileiro perdeu para o russo Egor Mekhontcev na semifinal em Londres

Yamaguchi Falcão fica com o bronze no boxe
Yamaguchi Falcão fica com o bronze no boxe (Foto: Murad Sezer/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

LONDRES, 10 Ago (Reuters) - O brasileiro Yamaguchi Falcão perdeu para o russo Egor Mekhontcev a semifinal da categoria meio-pesado (até 81kg) nesta sexta-feira e ficou com a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres.

Yamaguchi não teve chances e sofreu com os golpes do russo, que ganhou o combate por 23 a 11.

O brasileiro havia avançado para as semis com uma vitória sobre o campeão mundial Julio la Cruz Peraza, de Cuba, mas desta vez perdeu todos os três assaltos, sendo que no último deles a arbitragem chegou a abrir contagem contra ele.

Essa é a terceira medalha do boxe brasileiro, que faz em Londres sua melhor campanha na história olímpica.

Esquiva Falcão, irmão de Yamaguchi, se classificou para a final com uma vitória por 16-9 sobre o britânico Anthony Ogogo nesta sexta-feira e vai disputar a medalha de ouro da categoria até 75kg.

O Brasil já tinha conquistado um bronze com a pugilista Adriana Araújo, que foi derrotada na semifinal pela russa Sofya Ochigava na categoria até 60kg, na primeira Olimpíada com a presença do boxe feminino.

Como não há disputa de 3o lugar no boxe, em consequência do desgaste sofrido pelos atletas nos combates anteriores, os dois derrotados nas semifinais recebem uma medalha de bronze.

Antes de 2012, o Brasil tinha uma única medalha no boxe, o bronze de Servílio de Oliveira em 1968, conquistado na Cidade do México.

(Por Tatiana Ramil, em São Paulo)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email