Amazônia tem pior taxa de desmatamento em 15 anos com 13.235 km²

Segundo o sistema Prodes, que mede com precisão a taxa de desmatamento na porção brasileira do bioma, o aumento em relação ao anterior foi de 22%

Amazônia
Amazônia (Foto: PF / Amazônia Real / Fotos Públicas)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A área desmatada na Amazônia Legal no período 2020/2021 foi de 13.235 km², a pior em quinze anos, segundo comunicado do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) desta quinta-feira, 18.

A Amazônia brasileira não via uma taxa anual de desmatamento tão alta desde 2006, quando 14.286 km² haviam sido desmatados segundo o sistema Prodes. Segundo o sistema, que mede com precisão a taxa de desmatamento na porção brasileira do bioma, o aumento em relação ao anterior foi de 22%. 

Os números encadeiam uma tendência de alta que já dura 4 anos e são referentes ao período de agosto de 2020 a julho de 2021, o chamado ‘ano fiscal’.

PUBLICIDADE

O estado onde ocorreu a maior porção do desmate nesse intervalo foi o Pará (5.257 km²), seguido de Amazonas (2.347 km²) e Mato Grosso (2.263 km²), informa reportagem do jornal O Globo.

“A área crítica na região é o entroncamento das rodovias BR-319 e transamazônica, nos municípios de Lábrea e Humaitá. No Pará, os mapas do Inpe mostram, como de costume, muito desmate ao longo da BR-163 e na região de entorno da Terra do Meio”, informa a reportagem.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email