Com armas pesadas, Eduardo Bolsonaro e fazendeiros gaúchos caçam javalis

Em um vídeo, o deputado aparece com outros homens cantando e celebrando enquanto atiram nos animais

Eduardo Bolsonaro posa para foto com cadáveres de javalis caçados
Eduardo Bolsonaro posa para foto com cadáveres de javalis caçados (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) aparece em uma foto ao lado de fazendeiros com dezenas de javalis silvestres mortos. A ocorrência se deu no distrito de São Chico, em São Francisco de Assis (RS), na propriedade de Mauro Maia.

Em um vídeo, os homens aparecem cantando e celebrando enquanto atiram nos animais. 

A caça de javalis não é novidade para o filho do presidente, entusiasta da prática:

No Brasil, a espécie é considerada invasora e prejudicial à flora e à fauna e sua caça é autorizada desde que haja um registro ativo de "controlador". Os animais vieram do Uruguai no século XX e se proliferaram pela região da fronteira.

"Quem fala que quer defender o Meio Ambiente, tem que pregar o controle do javali", disse Eduardo, que reclamou de "xiitas ambientalistas" que condenam a prática. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email