Desmatamento avança 20,1% em todos os biomas em 2021, diz relatório; foram 18 árvores derrubadas por segundo

Segundo relatório do MapBiomas, o desmatamento chegou a 16,5 mil km² em todos os biomas brasileiros

www.brasil247.com - Área desmatada da floresta amazônica no Estado de Rondônia
Área desmatada da floresta amazônica no Estado de Rondônia (Foto: REUTERS/Adriano Machado)


247 - Dados do Relatório Anual de Desmatamento no Brasil, do MapBiomas, apontam que o desmatamento cresceu 20,1% em 2021, atingindo 16,5 mil km² em todos os biomas brasileiros. De acordo com Tasso Azevedo, coordenador do MapBiomas, os dados ressaltam a  existência de “um problema crônico” que “está se agravando em todas as regiões do Brasil”. 

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o documento destaca que “a Amazônia é o bioma com maior território afetado: 59% do total. Depois vêm Cerrado (cerca de 30%), Caatinga (7%), Mata Atlântica (1,8%), Pantanal (1,7%) e Pampa (0,1%). Proporcionalmente, tiveram maior alta em um ano a Caatinga (89%) e o Pampa (92%)”.

Ainda conforme o levantamento, 77% da área total desmatada estão em imóveis registrados no Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural. “Em ao menos três quartos dos desmatamentos, é possível encontrar um dono ou responsável”, afirma Azevedo. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A expansão da atividade agropecuária é considerada a maior causa é de pressão (96,6%) para o desmatamento. Ainda segundo o estudo, “do total desmatado, 5,3% estavam em áreas protegidas, 3,6% em unidades de conservação e 1,7% em terras indígenas”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apesar do aumento do desmatamento, os embargos e autuações federais foram registradas em apenas 10,5% da área desmatada, entre os anos de 2019 e 2021. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email