Governo Bolsonaro apresentou dados falsos sobre desmatamento na COP26

Relatório oficial levado pelo governo Bolsonaro à COP26 aponta redução de 5% de desmatamento na Amazônia, mas houve aumento

www.brasil247.com - Amazônia bate recorde diz Inpe em desmatamento no mês de junho.
Amazônia bate recorde diz Inpe em desmatamento no mês de junho. (Foto: Vinícius Mendonça/Ibama)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O governo de Jair Bolsonaro não apenas segurou a divulgação do recorde de desmatamento da Amazônia em 15 anos, detectado pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), como levou à COP26 um dado de queda de 5% da devastação no bioma, registrado em um documento oficial do MMA (Ministério do Meio Ambiente), informa a Folha de S.Paulo.

O documento apresentado pelo Ministério do Meio Ambiente mostra um gráfico projetando um desmatamento de 10.308 km² em 2021 e o associa ao Prodes. Seria uma redução de 5% em relação a 2020, quando os satélites mostraram uma destruição de 10.851 km².

PUBLICIDADE

No último dia 18, o Inpe divulgou o relatório de desmatamento medido pelo Prodes, com uma área de 13.235 km² entre julho de 2020 e agosto de 2021, um aumento de 22% em relação ao período anterior. É o maior valor já registrado desde 2006, aponta a reportagem.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email