Macron é detonado por passeio de jet ski 'criminoso' em meio a planos para economizar energia e incêndios na França

Apenas algumas semanas atrás, o presidente francês pediu ao país que economize energia para se preparar para uma possível escassez de gás

www.brasil247.com -
(Foto: Redes sociais)


Sputnik - Emmanuel Macron foi acusado de hipocrisia e rotulado de "criminoso" por parlamentares ambientalistas depois que fotos dele em alta velocidade pelas águas do Mediterrâneo em um jet ski surgiram online.

"Isso confirma a impressão persistente de que ele não entende as mudanças climáticas. E hoje em dia, é um crime não entendê-las", disse a deputada dos Verdes Sandrine Rousseau.

Um membro do partido La République En Marche, de Macron, disse ao tabloide Voici que ficou "incrédulo" quando viu as fotos em questão, apenas algumas semanas depois que o presidente francês pediu ao país que ative um plano de "sobriedade energética".

No entanto, não foram apenas os parlamentares que criticaram Macron: os usuários de mídia social não puderam deixar de atacar o líder francês:

Tuíte: Este é Emmanuel Macron correndo em seu jet ski para alcançar o acordo climático de Paris.

Outros aludiram aos incêndios violentos na França, onde mais de 10.000 bombeiros e forças de segurança estão lutando contra as chamas. O incêndio começou em julho, destruindo 14.000 hectares e forçando milhares de pessoas a evacuar antes de ser contido. No entanto, continuou a arder em algumas partes, especialmente perto da cidade de Bordeaux, com autoridades suspeitando que um ato criminoso pode ter desempenhado um papel no último incêndio, que queimou 6.800 hectares (17.000 acres) desde terça-feira.

Tuíte: Quando Macron vai de jet ski, mais de uma dúzia de pessoas são mobilizadas para preparar e organizar o passeio e instalar sua preciosa traseira no jato.

Tuíte: Enquanto Macron anda de jet ski...

Tuíte: Enquanto o fogo queima as florestas e destrói nossas casas, com o fogo alimentado por uma onda de calor de 40°C e ventos violentos devido ao aquecimento global, Macron pratica jet ski em Bregançon. A direita dirá demagogia. Dizemos que ele é um cúmplice. 

Ele também foi fotografado alguns dias atrás em um passeio de canoa perto de Fort de Brégançon, com Julien Bayou, chefe do partido Europe Ecology-Les Verts, que disse à AFP que foi uma "distração" que o presidente usou para fazer as pessoas esquecerem a "inação" de seu governo sobre as mudanças climáticas. Bayou disse que era muito transparente mudar de jet skis para canoas e apresentá-lo como uma demonstração de "austeridade”.

Tuíte: Após a operação eco de Macron em uma canoa, o presidente foi fotografado em um jet ski de 150cv na baía de La Palud e a menos de 600m da costa, área proibida para todos os veículos motorizados segundo um decreto da prefeitura marítima do Mediterrâneo.

A controvérsia surgiu em meio ao plano de "sobriedade energética" de Macron, que foi elaborado para reduzir o consumo de energia francês em meio a possível escassez devido a sanções ao gás russo. Embora Macron tenha pedido aos franceses que economizem energia, diz-se que seu jet ski consome significativamente mais combustível por quilômetro do que o carro médio.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email