Perto de prescrição, MPF apresenta denúncia por crimes em Brumadinho

O pedido ocorre a dois dias do prazo para prescrição de alguns dos crimes

www.brasil247.com -
(Foto: REUTERS/Washington Alves)


247 - O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu à Justiça Federal denúncia contra 16 pessoas e duas empresas por envolvimento no rompimento da barragem de Brumadinho (MG), onde 272 pessoas morreram vítimas da tragédia. O pedido ocorre a dois dias do prazo para prescrição de alguns dos crimes.  

O rompimento da barragem aconteceu em 25 de janeiro de 2019 e, para algumas condenações, existe um limite de quatro anos, que vence na quarta-feira (25).

O MPF aponta o envolvimento das 16 pessoas na ocorrência de homicídio qualificado, crimes contra a fauna, contra a flora e de poluição. As pessoas jurídicas foram denunciadas apenas por crimes ambientais.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247