27 de abril, três décadas de mouse

A inveno de Douglas Englebart de 1964, mas o primeiro mouse vendido para um computador pessoal foi criado h exatos 30 anos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A primeira aparição do aparelho com cara de ratinho integrado a um computador pessoal, mundialmente conhecido como mouse, foi feita em 27 de abril de 1981, há exatos 30 anos. Segundo a revista americana Wired, o primeiro aparelho lançado no mercado foi fabricado pela Xerox Stars e apareceu inicialmente na estação de trabalho da empresa, responsável por lançar diversas inovações no mercado da informática, entre elas as pastas de arquivo de um computador, ícones e o email.

Mas a ideia do pequeno rato surgiu muito antes disso. O primeiro projeto experimental que sugeria as funções do atual aparelho foi inventado em 1964, por Douglas Englebart, que trabalhava no Instituto de Pesquisa de Stanford, em Palo Alto, na Califórnia. Desde então, diversas tentativas foram feitas antes que a invenção de Englebart finalmente vingasse.

O design do aparelho também já sofreu uma série de mudanças físicas, após surgir na estação de trabalho da Xerox. Atualmente, o mouse oferece diversas tecnologias inimagináveis àquela época, como o funcionamento via bluetooth – que não exige a presença do fio – e o recurso posicionado entre os botões, já aderido há algum tempo, que possibilita correr uma página no computador. Outra adaptação é o mousepad, que acompanha os notebooks e reconhece os movimentos dos dedos do usuário por sensor, mas tem a mesma função de um mouse. Seja grande ou pequeno, com dois ou três botões, a verdade é que este aparelho mudou a vida de todos nós.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email