A morte de Bin Laden pelo Twitter

Um cidado paquistans relatou pelo microblog, sem saber, a captura e morte do lder da Al-Qaeda; nesta tarde, o Facebook j tinha cerca de 150 pginas intituladas Osama Bin Laden is dead

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – As primeiras notícias sobre os ataques americanos ao local onde estava escondido o líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, no Paquistão, não foram divulgadas pela BBC, CNN ou pelo presidente americano Barack Obama. Nem mesmo pela FOX News, que virou piada nas redes sociais nesta segunda-feira por ter escrito “Obama” no lugar de “Osama”. Os primeiros informes vieram por meio do microblog Twitter e tiveram autoria de um cidadão comum do Paquistão. Sohaib Athar, no entanto, não fazia a menor ideia do motivo para as explosões ao lado de sua casa e nem porque um helicóptero sobrevoava a cidade paquistanesa de Abbottabad.

Após descrever acontecimentos como o barulho de um helicóptero, de um avião, explosões que sacudiram as janelas de sua casa e que o exército fazia uma busca de porta em porta na região, Athar percebeu que estava presenciando a captura de Osama Bin Laden pelo governo americano. E escreveu em sua conta no Twitter: “(...) agora eu sou o cara que transmitiu ao vivo a captura de Osama sem saber”. A partir daí, o usuário que se descreve na rede social como um consultor de TI começou a receber uma série de emails de grandes emissoras de televisão, mas relatou que sua caixa estava cheia e que não conseguia responder as mensagens individualmente.

Na madrugada desta segunda-feira, o ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush publicou em sua página no Facebook uma declaração em que parabeniza Barack Obama e os membros das forças armadas e das comunidades de inteligência americanas “que dedicaram suas vidas a essa missão”. O texto registrou mais de 50 mil “curtir” – recurso do Facebook – e quase 12 mil comentários até às 14h desta segunda-feira. Na mesma rede social, ao buscar pela frase “Osama Bin Laden is dead” surgem cerca de 150 páginas criadas até esta tarde. No Twitter, pelo menos cinco dos temas mais comentados no dia mundialmente eram relacionados à morte de Bin Laden.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email