ABI: ameaça do ministro da Justiça contra Aroeira e Noblat é estarrecedora

Presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Paulo Jerônimo disse que o pedido de investigação feito ministro André Mendonça não calará os defensores da liberdade de imprensa e da democracia. "Aroeira e Noblat têm, neste momento, a defesa incondicional da ABI"

www.brasil247.com -


247 - A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) condenou o ataque do governo Jair Bolsonaro nesta segunda-feira, 15, à liberdade de expressão do jornalista Ricardo Noblat e do cartunista Renato Aroeira por conta de uma charge que relaciona Jair Bolsonaro à suástica nazista

"É estarrecedor que o ministro da Justiça, André Luiz Mendonça, anuncie a abertura de um inquérito policial contra o chargista Aroeira e o colunista Ricardo Noblat, devido a uma ilustração criada pelo primeiro e reproduzida pelo segundo, associando Bolsonaro ao nazismo", afirma a ABI em nota assinada pelo presidente, Paulo Jerônimo. 

"No entanto, as ameaças não calarão os defensores da liberdade de imprensa e da democracia. Aroeira e Noblat têm, neste momento, a defesa incondicional da ABI", diz o texto. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ministro da Justiça, André Mendonça, anunciou nesta tarde o mais duro ataque do governo de Jair Bolsonaro à liberdade de expressão. O motivo é uma charge de Renato Aroeira, um dos mais consagrados cartunistas brasileiros, em que uma cruz vermelha de um hospital é transformada em suástica, símbolo do nazismo. Trata-se de uma crítica amparada pela liberdade de expressão, que é cláusula pétrea da Constituição brasileira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia, abaixo, a nota da ABI na íntegra:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Nota da ABI

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email