Agora é a Samsung quem acusa a Apple

Segundo a fabricante sul-coreana, o iPad e o iPhone violam suas patentes industriais

Agora é a Samsung quem acusa a Apple
Agora é a Samsung quem acusa a Apple (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Dan Levine

SAN JOSÉ, Califórnia, 14 Ago (Reuters) - Um especialista convocado à corte pela Samsung afirmou nesta terça-feira que o iPhone e o iPad, produzidos pela Apple, violam três patentes controladas pela Samsung, marcando uma virada ofensiva para a fabricante de eletrônicos na terceira semana de um julgamento de alto risco.

O professor de engenharia elétrica de Harvard Dr. Woodward Yang disse que os produtos da Apple fazem uso de características patenteadas pela Samsung para aparelhos celulares, incluindo o processo responsável por enviar fotos por e-mails. Ele foi uma das primeiras testemunhas da Samsung, após um desfile de especialistas da Apple afirmar que celulares e tablets da Samsung violam as patentes da Apple.

A Apple e a Samsung competem numa disputa de patentes, num movimento que espelha a batalha pela supremacia no mercado entre as duas rivais, que controlam mais de metade das vendas de smartphones no mundo.

A companhia norte-americana acusa a Samsung de copiar o design e algumas características de seus iPad e iPhone, e está exigindo uma proibição de vendas e uma compensação monetária. A empresa coreana, que está tentando expandir-se em direção aos Estados Unidos, diz que a Apple violou várias patentes, incluindo algumas de sua importante tecnologia wireless.

A Apple concluiu a apresentação das evidências relativas a suas próprias patentes nesta semana, e a Samsung começou a convocar testemunhas. Nesta terça-feira, Yang disse que as patentes da Samsung foram registradas antes da introdução do iPhone em 2007.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email