Amber Heard fala pela 1ª vez sobre derrota para Johnny Depp: “Injusta”

Atriz voltou a afirmar que redes sociais tiveram um papel decisivo no veredito do júri que analisou o caso

www.brasil247.com -
(Foto: REUTERS/Evelyn Hockstein/Pool)


Metrópoles  - Em sua primeira entrevista após a derrota para Johnny Depp na Justiça, Amber Heard disse que “não culpa o júri” pelo veredicto favorável ao ex-marido. Em uma prévia da entrevista, que será exibida nesta semana, a atriz ainda afirma que as redes sociais tiveram papel decisivo no julgamento de seis semanas que começou em 11 de abril na Virgínia, nos Estados Unidos.

“Eu realmente entendo. Ele é um personagem amado e as pessoas sentem que o conhecem. Ele é um ator fantástico”, reconheceu Amber em entrevista ao ao Today, da NBC.

Para Heard, a sentença foi “injusta”, assim como a repercussão nas redes sociais. Isso porque enquanto o termo Justiça para Amber Heard recebeu 27 milhões de visualizações no TikTok, os posts em apoio a Depp bateram a marca de 20 bilhões de visualizações.

“Eu não me importo com o que alguém pensa sobre mim ou quais julgamentos você quer fazer sobre o que aconteceu na privacidade da minha própria casa, no meu casamento, a portas fechadas. Eu não presumo que uma pessoa comum deva saber dessas coisas. E por isso não levo para o lado pessoal”, desabafou ela.

“Mas mesmo alguém que tem certeza de que eu mereço todo esse ódio e crueldade, mesmo que você pense que estou mentindo, você ainda não pode me olhar nos olhos e me dizer que acha que nas mídias sociais houve uma representação justa. Você não pode me dizer que acha que isso foi justo”, completou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email