Assange pede a tribunal que suspenda extradição

Pedido ser feito Suprema Corte pelos advogados do fundador do WikiLeaks, que alegaro que o caso de importncia pblica geral

Assange pede a tribunal que suspenda extradição
Assange pede a tribunal que suspenda extradição (Foto: Andrew Winning/ Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O judiciário da Grã-Bretanha informou nesta terça-feira que os advogados do australiano Julian Assange, fundador do website WikiLeaks, entraram com um pedido para que a Suprema Corte britânica analise o pedido de extradição do ativista à Suécia.

Em 2 de novembro, dois juízes rejeitaram os argumentos dos advogados de Assange, de 40 anos, de que ele não deveria ser extraditado à Suécia, onde enfrenta acusações de estupro e abuso sexual.

Assange agora pedirá à Suprema Corte para suspender a extradição em uma audiência marcada para o dia 5 de dezembro. Os advogados de Assange argumentarão que o caso do fundador do WikiLeaks é de importância pública geral e precisa ser considerado pela Suprema Corte. As informações são da Associated Press.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email