Até Eliane pede regime semiaberto para Dirceu

Em carta aberta, colunista lembra presidente do STF, Joaquim Barbosa, que ex-ministro condenado na AP 470 está ilegalmente em regime fechado há cinco meses: “Excelência, nada se provou quanto ao celular, por exemplo, e já tem até promotora contrabandeando a quebra do sigilo telefônico do Planalto inteiro. O tempo está passando e José Dirceu continua em regime fechado, quando não deveria estar”

Em carta aberta, colunista lembra presidente do STF, Joaquim Barbosa, que ex-ministro condenado na AP 470 está ilegalmente em regime fechado há cinco meses: “Excelência, nada se provou quanto ao celular, por exemplo, e já tem até promotora contrabandeando a quebra do sigilo telefônico do Planalto inteiro. O tempo está passando e José Dirceu continua em regime fechado, quando não deveria estar”
Em carta aberta, colunista lembra presidente do STF, Joaquim Barbosa, que ex-ministro condenado na AP 470 está ilegalmente em regime fechado há cinco meses: “Excelência, nada se provou quanto ao celular, por exemplo, e já tem até promotora contrabandeando a quebra do sigilo telefônico do Planalto inteiro. O tempo está passando e José Dirceu continua em regime fechado, quando não deveria estar” (Foto: Roberta Namour)

247 – A colunista Eliane Cantanhêde endereça carta ao ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, defendendo direitos de José Dirceu como condenado na AP 470.

Segundo ela, apesar da “esperteza” de Dirceu, nada se provou quanto ao suposto uso de celular na cadeia e “já tem até promotora contrabandeando a quebra do sigilo telefônico do Planalto inteiro”. “O tempo está passando e José Dirceu continua em regime fechado, quando não deveria estar”, diz.

A colunista lembra que durante a Pascoa, outros condenados no processo, como Delubio Soares, passarão em liberdade e pede que Barbosa não transforme o réu em vítima (leia mais).

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247