BandNews TV muda programação para exibir entrevista de Lula a Reinaldo Azevedo

A BandNews TV, outro veículo que, assim como a rádio, pertence ao grupo Bandeirantes, vai alterar sua programação para veicular a entrevista ao vivo, nesta quinta-feira às 18h

Jornalista Reinaldo Azevedo e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Jornalista Reinaldo Azevedo e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O anúncio da entrevista que o jornalista Reinaldo Azevedo fará em seu programa “O É da Coisa”, da rádio BandNews FM, com ex-presidente Lula, nesta quinta-feira (1), está gerando grande repercussão. Tanto é que a BandNews TV, outro veículo que, assim como a rádio, pertence ao grupo Bandeirantes, vai alterar sua programação para veicular a entrevista ao vivo, às 18h - a informação é do blog "Notícias da TV".

Além das duas plataformas, a entrevista será exibida nas redes sociais oficiais da BandNews FM e contará com cobertura especial no site da Band.

""Eu combati o PT durante 13 anos no poder e muito antes disso. O termo 'petralha' eu criei antes. O PT estava no poder em Santo André quando eu criei o petralha, que é aquele que rouba o dinheiro para justificar um projeto de poder", disse Azevedo em 2016, no programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan. Hoje, afirma ter se arrependido. 

Nos últimos anos, Reinaldo Azevedo, tem defendido que o ex-presidente Lula sofreu uma condenação sem provas, além de criticar os métodos da Operação Lava Jato e do ex-juiz Sergio Moro.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email