Biógrafo oficial de Roberto Marinho, Pedro Bial diz que Lula representa "o passado"

Na prática, o jornalista revelou a posição oficial da Globo sobre as eleições presidenciais de 2022

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 –  O jornalista Pedro Bial, que é também responsável pela biografia oficial de Roberto Marinho, fundador da Globo, revelou, em entrevista com o economista Delfim Netto e o banqueiro José Olympio Pereira, a posição da emissora sobre 2022. Ao falar sobre a polarização entre Bolsonaro e Lula, Bial disse:

"Já ouvi de gente da direita e da esquerda que essa dicotomia direita/esquerda tem que ser substituída pela real dicotomia que nos desafia, que é passado e futuro. A gente olha pro ano que vem, para a eleição, o eleitor brasileiro olha para o ano que vem, e ele não vê o futuro. As duas candidaturas na frente são do passado".

A fala de Bial sinalizou, para a esquerda, que a Globo seguirá empenhada em tentar impedir a soberania popular, assim como fez no golpe de 2016 e na campanha pela prisão política de Lula, em 2018, o que permitiu a ascensão da extrema direita no Brasil.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email