Humorista Marcelo Madureira, que apoiou Bolsonaro, é expulso de ato bolsonarista no Rio

O humorista Marcelo Madureira, bolsonarista de carteirinha, foi vaiado neste domingo por outros seguidores de Bolsonaro ao criticar o ocupante do Palácio do Planalto em ato público neste domingo no Rio de Janeiro

Marcelo Madureira
Marcelo Madureira (Foto: Fórum)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O humorista Marcelo Madureira, bolsonarista de carteirinha, foi vaiado neste domingo por outros seguidores de Bolsonaro ao criticar o ocupante do Palácio do Planalto em ato público neste domingo no Rio de Janeiro, informa a Revista Fórum

Ao subir no carro de som para discursar no ato promovido pelo movimento Vem Pra Rua contra a aprovação da Lei de Abuso de Autoridade, o comediante foi vaiado e teve que sair escoltado por policiais militares para sair do local.

“Não tenho medo de vaias. Votei no Bolsonaro e vou criticar todas as vezes que for necessário. Como justificar uma aliança do Jair Bolsonaro com o Gilmar Mendes para acabar com a Operação Lava Jato? É isso que está acontecendo”. 

O humorista teve o microfone cortado antes que terminasse o seu discurso.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email