Bolsonaro cometeu crime de lesa-pátria e Brasil pode perder a Amazônia, diz Janio de Freitas

"É improvável que nesta altura não haja, nos Estados Unidos e na Europa, cabeças especulando sobre controles internacionais. O Brasil não teria força, de espécie alguma, para impedi-los por si mesmo", diz o jornalista

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O jornalista Janio de Freitas avalia que o Brasil corre o risco de perder a soberania sobre a Amazônia, em razão dos estímulos ao desmatamento concedidos por Jair Bolsonaro. "É improvável que nesta altura não haja, nos Estados Unidos e na Europa, cabeças especulando sobre controles internacionais. O Brasil não teria força, de espécie alguma, para impedi-los por si mesmo", diz ele, em artigo publicado neste domindo, na Folha de S. Paulo.

"Duas obviedades de dimensão amazônica em Jair Bolsonaro e seu governo. Uma, o descumprimento de obrigações determinadas pela Constituição, para o meio ambiente e outros fins; outra, o desrespeito a tratados internacionais. Daí resultante, a permissividade concedida à exploração ilegal da Amazônia, cerceada até a aferição científica do dano territorial, tem relação íntima com crime de responsabilidade. Ou lesa-pátria. Jair Bolsonaro pôs o mundo contra o Brasil."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247