Bolsonaro convoca seguidores a usarem Parler, rede social banida por Google, Apple e Amazon

Jair Bolsonaro usou a sua conta no Instagram para pedir aos seus 18 milhões de seguidores que entrem na Parler, uma rede social que se apresenta como uma alternativa de “liberdade de expressão” ao Twitter e se tornou a favorita da base de extrema direita do presidente americano, Donald Trump, em fim de mandato

(Foto: ABr | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Trump foi afastado pelo Twitter e pelo Facebook por incitação à violência. A plataforma Parler foi banida de Google, Apple e pela Amazon, na sexta-feira.

Bolsonaro fez duas postagens: uma no sábado pela manhã e outra neste domingo, convidando as pessoas a acessarem a rede social. O chanceler brasileiro Ernesto Araújo, que considera Trump o salvador do Ocidente, também convidou seus seguidores no Twitter a o seguirem também no Parler depois do afastamento definitivo de Trump da rede social. 

O Parler vem se tornando a plataforma preferida pelos militantes da extrema direita, informa O Globo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email