Bolsonaro diz que Época queria que sua nora fosse processada

Em sua live no Facebook, Bolsonaro voltou a criticar a reportagem publicada pela revista Época sobre a psicóloga Heloísa Wolf Bolsonaro, esposa do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Para Bolsonaro, o intento do jornalista ao produzir a reportagem foi o de fazer com que Heloísa fosse processada pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia)

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em sua live no Facebook, Bolsonaro voltou a criticar a reportagem publicada pela revista Época sobre a psicóloga Heloísa Wolf Bolsonaro, esposa do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Para Bolsonaro, o intento do jornalista ao produzir a reportagem foi o de fazer com que Heloísa fosse processada pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia).

A reportagem do site Poder360 relembra o episódio: "assinado pelo jornalista João Paulo Saconi, o texto da revista Época carrega o título “O coaching on-line de Heloisa Bolsonaro: As lições que podem ajudar Eduardo a ser embaixador” e descreve sessões de orientação pessoal e profissional em curso oferecido por Heloísa. O jornalista narra a experiência de vivenciar 5 sessões de coach com Heloísa Wolf via webcam, de 1h30 cada."

Bolsonaro disse: "o cara aí da Época se passou por gay e fez 5 sessões, como ela é psicóloga, pra ver se conseguia algum furo para que depois alguém a processasse, caso ela contrariasse alguma orientação do Conselho Federal de Psicologia. Como, com toda certeza, ela seria processada. Mesmo ele tendo agido em desconformidade ética. Ética de grande parte da mídia brasileira é pedir demais."

Confira o trecho da live em que Bolsonaro comenta o tema:

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247