Caos no bolsonarismo: Mourão atrapalha, diz Bolsonaro

Em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, da Band, o candidato disse que "vice em geral não apita nada, mas atrapalha muito"; "Falei, sim, para o Mourão ficar quieto, porque estava atrapalhando", afirmou; ele também disse que não aceitará nenhum resultado da eleição que não seja a sua vitória

Caos no bolsonarismo: Mourão atrapalha, diz Bolsonaro
Caos no bolsonarismo: Mourão atrapalha, diz Bolsonaro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Internado no Hospital Albert Einstein, o candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) declarou, em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, da Band, que ordenou que seu vice, o general Hamilton Mourão, ficasse quieto. Nesta semana, Mourão fez um discurso em que criticou o 13º salário e o terço das férias dos trabalhadores e foi criticado na imprensa pelo candidato, que mandou que ele deixasse de participar de agenda pública.

"Falei, sim, para o Mourão ficar quieto, porque estava atrapalhando", afirmou. "Vice em geral não apita nada, mas atrapalha muito", acrescentou. 

O presidenciável também disse que não aceitará nenhum resultado da eleição que não seja a sua vitória, que as urnas eletrônicas não são confiáveis e criticou a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, por ter sido contra o voto impresso. "Estou desconfiando de alguns profissionais dentro do TSE", disse.

O candidato também se definiu como "democrata". A polarização, disse ele, "é entre o Jair Bolsonaro democrata e um PT que representa a deterioração".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247