Carta Capital responde a editorial de O Globo em defesa de Civita

Diretor de redação da revista, Mino Carta acusa o jornal de ter defendido o presidente da editora Abril, alvo de críticas pela relação da revista Veja com Cachoeira, por medo de mudanças na imprensa; "a ameaça comum os leva a se unir"

Carta Capital responde a editorial de O Globo em defesa de Civita
Carta Capital responde a editorial de O Globo em defesa de Civita (Foto: Divulgação)

247 – “O inimigo do meu inimigo é meu amigo”. É com o sentido deste ditado que o diretor de redação da Carta Capital, Mino Carta, entende a publicação do editorial publicado pelo jornal O Globo na terça-feira 8, que defende Roberto Civita, diretor da editoria Abril e recentemente alvo de críticas pelo relacionamento da revista Veja com o contraventor Carlos Cachoeira, alvo de CPMI no Congresso. Para ele, o texto intitulado “Roberto Civita não é Rupert Murdoch” se dá pelo medo da mudança. No caso, a regulação da imprensa.

Apesar de o editorial de O Globo ter sido polêmico e bastante repercutido, o texto publicado por Carta Capital é no mínimo curioso. Afinal, a revista que sempre foi acusada de “chapa-branca” – expressão para a imprensa que defende o governo – rebate o texto afirmando que o jornal O Globo é que é, na realidade, o verdadeiro chapa-branca, cumprindo “a tarefa com diligência vetusta e comovedora”. Escreve Mino Carta: “destaque na opção pelos interesses dos herdeiros da casa-grande, empenhados em manter de pé a senzala até o derradeiro instante possível”.

Quanto ao dono das Organizações Globo, Roberto Marinho, Mino Carta o aponta como “o arauto da ditadura” e diz que “seu jornal apoiou o golpe”, além de ter sustentado a reeleição comprada de Fernando Henrique Cardoso e de ter manipulado o debate entre os candidatos à presidência Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Collor. O jornalista conclui que, ao contrário do que prega a grande imprensa – a qual diz enxergar, na realidade, como mínima – entende que a liberdade sozinha, sem o acompanhamento pontual da igualdade, é apenas a do mais forte.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247