Censura do governo a charge de Aroeira estimula ilustrações e ato virtual de artistas

Nas redes sociais diversas charges reproduzindo a de Aroeira e contra a censura do governo foram publicadas

(Foto: reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após o Ministério da Justiça ter pedido abertura de inquérito para investigar uma charge de Renato Aroeira que associa Jair Bolsonaro ao nazismo, chargistas e cartunistas se uniram em defesa do colega.

Nas redes sociais diversas charges reproduzindo a de Aroeira e contra a censura do governo foram publicadas.

Um perfil chamado “Somos Todos Aroeira”, no Instagram, publicou dezenas de reproduções. Uma delas foi republicada pelo colunista da Veja, Ricardo Noblat, que foi processado pela Secretaria de Comunicação do governo federal por compartilhar a charge original.


Veja outras reproduções:

Ver essa foto no Instagram

#chargistascontracensura #somostodosaroeira

Uma publicação compartilhada por Somos Todos Aroeira (@somostodosaroeira) em


Ver essa foto no Instagram

#chargistascontracensura #somostodosaroeira

Uma publicação compartilhada por Somos Todos Aroeira (@somostodosaroeira) em

 

 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247